IAA 2016: mobilidade futura é elétrica e urbana

No seu primeiro dia, exclusivo para jornalista de diversas partes do mundo, a 66ª IAA (maior salão de veículos comerciais do mundo), realizado entre os dias 22 e 29 de setembro em Hannover, na Alemanha, teve a eletromobilidade, conectividade e serviços de gestão da logística como destaque. Todas as marcas ainda são unanimes em que os veículos elétricos serão exclusivamente para uso urbano, pois ainda não existe tecnologia que viabilize um caminhão rodoviário extrapesado para longas distâncias.

van-txt_620x467

MERCEDES-BENZ
A Mercedes-Benz colocou os veículos Futuro Bus, Mercedes Urban eTruck e Mercedes-Benz Vision Van no centro das atenções. Também foi destaque o Fuso eCanter, marca do mesmo grupo Daimler. O Fuso já realizada e suas vendas começam em 2017 em alguns países da Ásia, Europa e nos Estados Unidos. O ônibus do Futuro já foi apresentado pela revista Transporte Mundial e o Urban eTruck é uma promessa para revolucionar o segmento de caminhões de distribuição com capacidade de carga útil de 12,8 toneladas, mas com chegada prevista para a próxima década.

etruck-txt_620x467

MAN
O maior destaque da MAN foi sua estreia no segmento de furgões de carga, vans de passageiros e cabine chassi de 3 a 5,5 toneladas. Na verdade, trata-se de um aproveitamento da sinergia com Volkswagen (todas empresas do mesmo grupo) e passa a utilizar a linha Craft da Volkswagen Comerciais Leves. O veículo será oferecido com motores diesel de 102 cv a 177 cv e opções de tração só dianteira, só traseira ou 4×4. Outro destaque da MAN é o seu cavalo mecânico TGX 18.640, que passa a ser o modelo topo de linha da marca. A empresa também já começa a testar um cavalo mecânico com motor elétrico para uso urbano, o MAN eMobility Truck.

craft-txt_620x467

SCANIA
A Scania apresentou a sua nova família da caminhões.

scania-txt36_620x467

Publicidade



IVECO
No estande da Iveco, a estrela foi o caminhão-conceito Iveco Z Truck, um veículos futurístico que promete 30% de redução de combustível em rotas de longa distância e traz diversos novos conceitos de sustentabilidade e as últimas inovações em conectividade e condução autônoma.

z-truck1_620x467

DAF
A DAF não apresentou caminhões novos, mas motores mais eficientes para sua família de pesados, com promessa de redução de até 5% no consumo de combustível.

Autor das imagens: Divulgação

Comentarios