Tag: transporte

SEST SENAT: 25 anos transformando vidas

SEST SENAT: 25 anos transformando vidas

Notícias
Instituição completa, nesta sexta-feira (14), duas décadas e meia de prestação de serviços de excelência ao setor de transporte “Na minha empresa, por conta dos cursos que fiz, me tornei uma referência. O SEST SENAT transformou minha vida. Isso me valoriza como profissional. No SEST SENAT, eu me sinto mais em casa do que na minha própria casa”, Anderson de Andrade, 40 anos, caminhoneiro de Cariacica (ES). “Se hoje eu estou de pé, andando, eu devo isso, em grande parte, ao fisioterapeuta do SEST SENAT. Graças a ele, posso carregar meu filho no colo. Eu posso falar que renasci”, Ricardo Gomes Costa Júnior, 38 anos, motorista autônomo de Rio Claro (SP), que sofreu um acidente. As histórias de Anderson e de Ricardo se confundem com a história do SEST SENAT. A instituição, há 25 anos
[VÍDEO] Mira Transportes: uma história de sucesso no TRC

[VÍDEO] Mira Transportes: uma história de sucesso no TRC

Notícias, Vídeo
Empresa completa 40 anos de prestação de serviços, com filiais pelo país e uma frota renovada de caminhões. Tendo como princípio a excelência no atendimento e uma prestação de serviço de alta qualidade, o Mira Transportes, empresa fundada em 1978, completa em outubro 40 anos de atuação na área do transporte rodoviário de cargas. De capital 100% nacional, a empresa lidera as operações de transporte de carga fracionada nas regiões Centro-Oeste e Norte, fazendo ainda integrações com outras localidades do Sul e Sudeste. Destaca-se pela tecnologia embarcada das frotas de caminhão, a segurança no transporte e na entrega, e na qualidade do atendimento. Com modernas técnicas de administração e prezando pelo crescimento sustentável, o Mira Transportes zela ainda pela seriedade, ética e transp
Mercado de caminhões usados se mantém em alta no semestre

Mercado de caminhões usados se mantém em alta no semestre

Notícias
Paralisação do transporte rodoviário de carga em maio trouxe impacto negativo nas vendas dos últimos meses As vendas de caminhões usados no primeiro semestre do ano registraram alta de 1,44%, para 165.841 transferências contra 163.480 negociações apuradas no mesmo período do ano passado. Os números, consolidados pela Fenabrave, federação que representa os distribuidores de veículos no País, no entanto, apresentaram variações negativas nas comparações mensais. Apenas em junho, mudaram de proprietários 28.549 caminhões, volume de transações que representou quedas de 4,59% sobre maio, quando os negócios somaram 29.924 transferências, e de 4,74% na comparação com junho de 2017, com 29.971 vendas. De acordo com o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior, o mercado de veículos usad
Brasil: um país prioritariamente rodoviário

Brasil: um país prioritariamente rodoviário

Notícias
Especialista comenta sobre o tema e opções para melhorar a logística de transporte brasileiro O transporte rodoviário é o principal meio para o deslocamento de cargas dentro do país. Apesar dos investimentos em outros modais, esse meio ainda é o responsável por quase 63% de tudo que é transportado no Brasil, atrás vem o ferroviário com 21,7%, o arquaviário com 11,7%, o dutoviário com 3,8% e por último o aéreo com apenas 0,1%. Diante da última greve dos caminhoneiros – a qual parou o país e gerou uma das maiores crises de abastecimentos dos últimos anos – a discussão sobre os modelos logísticos adotados pelo governo voltam à tona. Para a Mariana Canto, advogada especialista em logística do departamento Societário do escritório Andersen Ballão, o modal rodoviário possui caracte
Goldman e Soros apostam em Uber para caminhoneiros brasileiros

Goldman e Soros apostam em Uber para caminhoneiros brasileiros

Notícias
Para o empreendedor Federico Vega, o sistema antiquado e ineficiente do transporte tradicional de carga era uma fruta madura e fácil de agarrar Os caminhoneiros brasileiros ainda conseguem muito trabalho a partir de cartazes escritos à mão. Para Federico Vega, esse sistema antiquado e ineficiente era uma fruta madura e fácil de agarrar. Em viagem de bicicleta da Patagônia ao Brasil, o argentino encontrou caminhoneiros que reclamavam de passar a maior parte do tempo procurando fretes, de receber baixa remuneração e de lidar com empresas de transporte desorganizadas que às vezes não honravam os pagamentos. Por isso, Vega criou a CargoX, uma empresa estilo Uber que conecta os caminhoneiros com as empresas que precisam dos serviços deles. A firma também garante o pagamento e melhora a log
Caminhões IVECO movidos a GNC e GNL prontos para o futuro do transporte na Europa

Caminhões IVECO movidos a GNC e GNL prontos para o futuro do transporte na Europa

Notícias
O IVECO Natural Power Tour 2018 excursionará pela Alemanha até outubro, fazendo demonstrações e test-drives da linha de veículos com consumo eficiente O recente anúncio do Ministério dos Transportes e Infraestrutura Digital da Alemanha, que determina novos subsídios para promover caminhões ecologicamente corretos, indica que o país está adotando o gás natural como uma solução para lidar com o problema da poluição em suas estradas. O ministério se comprometeu significativamente a apoiar a transição para essa energia e reservou 10 milhões de euros, somente em 2018, para financiar o programa, o que ocorrerá até pelo menos 2020. As diretrizes do financiamento focam em transportes pesados com caminhões acima de 7,5 toneladas, movidos a gás natural e acionamentos elétricos específicos. A IV
Caminhoneiros autônomos poderão receber 5% dos gastos com combustível

Caminhoneiros autônomos poderão receber 5% dos gastos com combustível

Notícias
Transportadores autônomos poderão passar a ter direito à restituição de 5% do valor pago em combustíveis. Isso acontecerá caso seja aprovado e sancionado o Projeto de Lei do Senado 258/2018, apresentado pela senadora Rose de Freitas (Pode-ES). O projeto aguarda a designação de relator na Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI). De acordo com o texto, para ter direito à restituição, o caminhoneiro precisará comprovar ser dono do veículo usado para o transporte de cargas, ser sindicalizado e estar cadastrado no Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas (RNTR-C), mantido pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). O interessado deverá requerer a restituição junto ao órgão que será definido em regulamentação. Ele deverá comprovar, com nota fiscal, os valores
Um quarto das empresas punidas por greve não faturam o suficiente para pagar multa

Um quarto das empresas punidas por greve não faturam o suficiente para pagar multa

Notícias
Receita de 23 das 96 transportadoras citadas é de até R$ 360 mil, menor que a multa de R$ 400 mil Quase um quarto das 96 empresas punidas a pedido da Advocacia-Geral da União (AGU) por obstruir vias nas greves dos caminhoneiros não tem condições financeiras de pagar a multa de R$ 400 mil. As 23 microempresas que constam da primeira lista de punições, divulgada pela AGU nesta semana, têm faturamento anual máximo de R$ 360 mil e poucos veículos no patrimônio. Para definir as empresas a serem multadas, a AGU tomou por base a lista de multas aplicadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em motoristas que estavam parados na via durante os dias de greve, impedindo a continuidade do tráfego de veículos. No entanto, o governo não considerou qualquer avaliação sobre as empresas antes de solic
Câmara pode votar nesta semana projeto que regulamenta transporte de cargas

Câmara pode votar nesta semana projeto que regulamenta transporte de cargas

Notícias
Proposta é uma das demandas dos caminhoneiros ao governo para por fim à greve. No Senado, parlamentares devem analisar imposto incidente de aplicativos de transporte. A Câmara dos Deputados deve analisar nesta semana um projeto que regulamenta o transporte rodoviário de cargas. Considerado um novo marco para a categoria, o projeto é uma demanda dos caminhoneiros ao governo federal para por fim à greve iniciada em 21 de maio contra a alta do preço do óleo diesel. Segundo o relator, Nelson Marquezelli (PTB-SP), o objetivo do projeto é dar mais "segurança jurídica" para o setor. Nesta semana, também deverão ser instaladas no Congresso comissões mistas, formadas por deputados e senadores, para analisar três medidas provisórias editadas pelo presidente