Vendas de caminhões crescem 8% em julho

O desempenho no mês, no entanto, ainda não recupera a queda no acumulado do ano

Os negócios de caminhões em julho registraram alta de 8,25% na comparação com o mês anterior. No período foram licenciadas 4.525 unidades contra 4.180 emplacamentos de junho. Na comparação com julho do ano passado, quando as vendas somaram 4.682 caminhões, o volume representou queda de 3,35%. Os dados são da Fenabrave, a federação que reúne os distribuidores de veículos no país, divulgados na terça-feira, 1º.

 Apesar do desempenho positivo de um mês para o outro, o mercado de caminhões ainda sofre para se recuperar. No acumulado dos sete meses, as vendas chegaram a 25.984 unidades contra 30.110 registradas no mesmo período do ano passado, declínio de 13,70%.

Para o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior, as incertezas do atual cenário político ainda provocam desconfiança no consumidor que adia compras, mas “as expectativas para o segundo semestre se mantêm positivas, baseadas na maior oferta de crédito e na melhora dos índices de confiança”.

Ranking – O desempenho das vendas por marcas não alterou o ranking do acumulado do ano. A Mercedes-Benz segue na liderança com 29,9% do mercado, seguida pela Volkswagen Caminhões e Ônibus que encerrou os sete meses com fatia de 24,4%. Em terceiro lugar está a Ford (16 %), em quarto a Volvo (11%) e, na quinta colocação, a Scania (10,8%).

Fonte: Estradao

Comentarios