Tag: Fenabrave

Vendas de usados em alta

Vendas de usados em alta

Notícias
Comércio de caminhões de segunda mão segue aquecido Enquanto o mercado interno de caminhões novos sinaliza uma retomada gradual após três de anos de retração, o de usados trilha pelo caminho do crescimento.  De acordo com os dados da Fenabrave, a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, de janeiro a agosto ocorreram 227.867 transferências, volume 4,31% superior ao registrado no mesmo período do ano passado, de 218.452 transações. Somente em agosto, 34.136 caminhões mudaram de dono, altas de 8% sobre as 31.608 transferências registradas um ano antes e de 12,83% na comparação com o julho, quando 30.254 caminhões mudaram de mão. No mercado de usados também a Mercedes-Benz lidera a preferência nos negócios, com 38,5% de participação no acumulado do ano até agosto. A
VW 8.160: o caminhão mais vendido no Brasil.

VW 8.160: o caminhão mais vendido no Brasil.

Notícias
O modelo leve da MAN deverá repetir desempenho do ano passado e liderar as vendas no País Modelo indicado para as operações de distribuição urbana de carga, o Volkswagen Delivery 8.160 promete mais uma vez encerrar o ano como mais licenciado no País.  De acordo com os números da Fenabrave, a entidade que reúne os distribuidores de veículos, o caminhão acumula vendas de 1.322 unidades até julho, o que representa participação de 22% na categoria de leves. O volume de negócios mais próximo de sua marca até o momento é o do pesado Scania R440, com 1.304 vendidos de janeiro a julho. No ano passado, o represente da Volkswagen foi de longe o líder tanto da categoria quanto do mercado de caminhões em geral. O modelo ultrapassou 3.230 unidades emplacadas, encerrando o período com fatia de 25
Vendas de caminhões crescem 8% em julho

Vendas de caminhões crescem 8% em julho

Notícias
O desempenho no mês, no entanto, ainda não recupera a queda no acumulado do ano Os negócios de caminhões em julho registraram alta de 8,25% na comparação com o mês anterior. No período foram licenciadas 4.525 unidades contra 4.180 emplacamentos de junho. Na comparação com julho do ano passado, quando as vendas somaram 4.682 caminhões, o volume representou queda de 3,35%. Os dados são da Fenabrave, a federação que reúne os distribuidores de veículos no país, divulgados na terça-feira, 1º.  Apesar do desempenho positivo de um mês para o outro, o mercado de caminhões ainda sofre para se recuperar. No acumulado dos sete meses, as vendas chegaram a 25.984 unidades contra 30.110 registradas no mesmo período do ano passado, declínio de 13,70%. Para o presidente da Fenabrave, Alarico Assump
Mercedes-Benz quer manter exportação mesmo quando mercado interno crescer

Mercedes-Benz quer manter exportação mesmo quando mercado interno crescer

Notícias
A montadora alemã Mercedes-Benz, cuja produção no Brasil é focada no segmento de caminhões, pretende manter nos próximos anos uma estratégia voltada para exportação, mesmo que o mercado interno volte a crescer. Essa é uma lição aprendida durante o início de crise, período no qual a falta de uma estratégia dificultou o escoamento para o exterior da produção que não encontrava demanda no Brasil. Em 2016, mesmo sem um plano claro para o mercado externo, as exportações de caminhões da empresa cresceram 37% em relação a 2015, para 6,3 mil unidades. “Nós recuamos nas exportações quando o mercado interno estava em alta (o auge do segmento foi em 2011, com a venda de 172,8 mil unidades), e agora estamos retomando, mas foi mais trabalhoso do que para quem tinha uma estratégia de exportação”, dis
Veja as dez marcas que mais venderam em 2015

Veja as dez marcas que mais venderam em 2015

Notícias
A Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) acaba de divulgar os números referentes ao mercado de caminhões em 2015. Com 71.787 unidades vendidas, o mercado fechou o ano de 2015 com queda de 47,62% em relação a 2014, quando 137.052 caminhões foram comercializados. No raking por marca, a Mercedes-Benz ganhou destaque, ocupando a primeira colocação das fabricantes que mais venderam em 2015, confira a tabela: 1º Mercedes-benz 19.311 un 26,90% part. 2º Volkswagen 18.753 un 26,12% part. 3º Ford 12.918 un 17,99% part. 4º Volvo 8.348 un 11,63% part. 5º Scania 5.223 un 7,28% part. 6º Iveco 4.551 un 6,34% part. 7º Hyundai 893 un 1,24% part. 8º MAN 800 un 1,11% part. 9º DAF 443 un 0,62%
Governo deve finalmente anunciar programa de renovação de frota

Governo deve finalmente anunciar programa de renovação de frota

Notícias
O governo deve anunciar ainda neste mês um programa de renovação de frota nacional de veículos. Se o plano entrar em vigor, e você tiver um veículo nessa situação, há uma boa chance de não ter que se preocupar em vendê-lo para comprar um novo.  Segundo Alarico Assumpção Jr, presidente da Fenabrave, entidade que representa as concessionárias de automóveis, esse plano tem potencial de gerar um consumo adicional de 500.000 carros novos por ano. Ainda não foi definido quem financiaria o projeto, mas segundo fontes ligadas ao setor, não haverá recursos do governo federal. Se aprovada, a proposta sugere o seguinte: o proprietário entrega o veículo antigo em uma concessionária ou revenda independente, e em troca recebe um carta de crédito de valor proporcional ao bem para dar entrada em um ca
Produção de veículos no Brasil cai 22,8% em 2015, diz Anfavea

Produção de veículos no Brasil cai 22,8% em 2015, diz Anfavea

Notícias
Indústria automotiva do país tem a produção mais baixa desde 2006. Saíram das fábricas instaladas no país 2.429.463 unidades A produção de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus no Brasil encolheu 22,8% em 2015, em relação ao ano anterior, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (7) pela associação de fabricantes (Anfavea). No ano passado, saíram das fábricas instaladas no país 2.429.463 unidades, contra 3.146.386 em 2014. Com o resultado ruim, a indústria automotiva do país volta a nível registrado em 2006 (2,4 milhões), afirmou o presidente da Anfavea, Luiz Moan. O pico foi em 2013, com 3,71 milhões de unidades. "A crise em 2015 não teve precedentes em termos de profundidade. As questões políticas acabaram contaminando a economia de uma forma bastante forte, diminuind
Caminhões têm leve recuperação no mês

Caminhões têm leve recuperação no mês

Notícias
As vendas de caminhões tiveram leve recuperação em setembro, com 5,98 mil veículos emplacados, em ligeiro avanço de 1,88% sobre agosto. Mas não há motivo para comemorações: em comparação com setembro de 2014 a retração é forte, chega a 47%, e no acumulado dos nove meses de 2015 o mergulho atinge profundidade de 43,7%, com 55,7 mil unidades vendidas. Na prática, praticamente metade do mercado do ano passado sumiu este ano. Os números fechados de setembro do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam) foram divulgados na quinta-feira, 1º de outubro, pela Fenabrave, entidade que representa cerca de 8 mil concessionárias no Brasil.A forte retração da economia brasileira afetou em cheio o mercado de veículos comerciais no País. Com consumo em baixa, há menos bens para transportar. Aliad
DAF Caminhões Brasil está entre as marcas mais desejadas em pesquisa da Fenabrave

DAF Caminhões Brasil está entre as marcas mais desejadas em pesquisa da Fenabrave

Notícias
A DAF, uma das marcas líderes no mercado europeu de caminhões e subsidiária da PACCAR Inc, está entre as três marcas mais desejadas na categoria Caminhões e Ônibus, segundo levantamento realizado pela Fenabrave, Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores. A pesquisa foi aplicada em concessionários de todo o país, com o objetivo de avaliar o relacionamento dos distribuidores com o mercado. Esta é a sétima edição do prêmio e a primeira vez que a montadora figura entre os mais votados, já no seu segundo ano de operações no Brasil. “É uma grande vitória para a nossa marca, nova no mercado nacional, ser reconhecida pelos distribuidores. Esta conquista é um ótimo indicador de que estamos no caminho certo”, afirma Luis Gambim, diretor Comercial da DAF Caminhões Brasil. De acor
BB e entidades anunciam medidas para estimular setor automobilístico

BB e entidades anunciam medidas para estimular setor automobilístico

Notícias
  O Banco do Brasil vai antecipar R$ 3,1 bilhões até o final do ano para fornecedores considerados estratégicos para a cadeia da indústria automobilística. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (19) na sede do Banco do Brasil, em São Paulo. O acordo firmado entre o Banco do Brasil, a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), o Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças) e a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) prevê apoio financeiro e comercial às cadeias produtivas do setor, além de segmentos de máquinas e implementos agrícolas e caminhões. O BB receberá das empresas a programação de encomendas para determinado grupo de fornecedores, durante um período específico. Para esses forn