Mercedes-Benz reforça área de pós-venda

A montadora adianta novidades para Fenatran com um pacote de soluções em peças e serviços para que o veículo fique o menor tempo possível parado na oficina

O estande da Mercedes-Benz na Fenatran, Salão Internacional do Transporte Rodoviário de Carga, a ser realizado de 16 a 20 de outubro próximo, em São Paulo, estará recheado de soluções com o objetivo de promover mais disponibilidade do veículo no trabalho. A montadora introduziu novos conceitos e processos na rede capazes de tornar mais ágeis e eficientes as paradas para manutenção.

 Na área de atendimento, em breve toda a rede de 180 pontos da marca adotará o que a companhia chamou de Oficina de Alta Performance 2.0. A ideia é de que as lojas se preparem para que os serviços sejam sempre agendados pelo cliente.

O processo permite determinar um diagnóstico antecipadamente e, assim, deixar o boxe da oficina pronto para receber o veículo na hora marcada, com caixa de ferramenta e peças já separadas. “O agendamento promoveu melhoria de 5% para 50% no tempo do serviço”, revela Jaqueline Neves, gerente sênior de peças e serviços da montadora. “O aprimoramento dos processos também acaba refletindo em custos menores para o gestor.”

Atualmente são 92 concessionárias operando sob esse conceito. O pós-venda da montadora espera certificar toda a rede até dezembro do ano que vem.

Os clientes da Mercedes-Benz também passaram a ter oferta de kit de peças por segmento de atuação. Baseado na experiência do gestor da frota, a fabricante organizou caixas com determinado número de peças para os serviços de manutenção e reparo. Foram criados mais duzentos kits para segmentos como graneleiro, madeireiro, canavieiro, mineração e transporte de passageiros.

De acordo com Marcelo Zanineli, gerente de peças e serviços, o kit fica 15% mais em conta se comparado com a soma dos preços das peças avulsas. “Além de mais conveniente para o concessionário ou cliente, que reduz a quantidade de parts numbers no estoque, promove agilidade nos serviços.”

Com o objetivo de proporcionar mais previsibilidade de custos com manutenção, a área de pós-venda também elaborou dezesseis pacotes de serviço com preço fixo para os caminhões Actros e Axor rodoviários. Nos planos estão incluídas peças, mão de obra e parcelamento em três vezes. O próximo passo será oferecer as mesmas vantagem para o restante da linha de caminhões.

No campo da telemetria, a Mercedes-Benz inovou com a Telediagnose, uma nova funcionalidade no FleetBoard, o sistema de gerenciamento e rastreamento de frota da marca. O recurso identifica falhas durante a operação do veículo e envia as informações à Central de Relacionamento, que aciona o gestor para propor a melhor solução e, assim, preservar o veículo. O monitoramento é contínuo, 24 horas por dia, 7 dias por semana. Caso o cliente queira, a própria Central faz o contato com o concessionário mais próximo, informando previamente os dados do caminhão.

Comentarios