Venda de caminhões registra queda em novembro

Segundo a FENABRAVE, a redução deve-se ao baixo ritmo de ofertas de caminhões, por parte da indústria. (Foto: reprodução)

Venda de caminhões registra queda em novembro

Segundo a FENABRAVE, segmento apresentou redução de emplacamentos de 4,75%

Redação Chico da Boleia

O último levantamento da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (FENABRAVE) apontou que houve queda na comercialização de caminhões em novembro.

Os dados revelam que, em comparação ao mês de outubro, foram menos 4,75% desses veículos vendidos no mercado.

Segundo a FENABRAVE, a redução deve-se ao baixo ritmo de ofertas de caminhões, por parte da indústria. A demanda segue aquecida, mas a previsão de entrega é somente para junho de 2022.

– No acumulado do ano, a alta já é de 45,06%, a maior de todo o Setor de Distribuição de Veículos. As vendas continuam aquecidas, em especial, em função da demanda do agronegócio – diz Alarico Assumpção Júnior, Presidente da FENABRAVE.

Ainda de acordo com a Federação, no total, o segmento como um todo somou 296.203 mil unidades, uma alta de 7,31%, em novembro, sobre o mês de outubro de 2021, mas queda de 11,40% sobre novembro de 2020.  No acumulado dos 11 meses do ano, o setor teve crescimento de 12,86%, sobre o mesmo período do ano passado.

Confira a tabela:

*Com informações da FENABRAVE

Comentarios