Tag: venda

Conheça as diferenças de vender carro e vender caminhão

Conheça as diferenças de vender carro e vender caminhão

Notícias
Apesar da crise econômica não há dúvidas que o mercado automotivo vem dando sinais de retomada nos últimos anos. Considerando apenas as vendas de caminhões, dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) apontam que em janeiro deste ano foram vendidos cerca de 4,6 mil unidades, índice 54,8% maior que em janeiro de 2017. As exportações no mesmo período também subiram consideravelmente: 83%. Já a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) concluiu em relatório recente que as negociações de carros usados cresceram 10%, enquanto as de carros novos aumentaram 4% na comparação entre os primeiros semestres de 2016 e 2017. Com este quadro promissor fizemos uma lista dando dicas de como vender carro ou caminhão e alguns dos principais
Venda de caminhões novos salta 56% em janeiro

Venda de caminhões novos salta 56% em janeiro

Notícias
Avanço foi puxado pelos pesados e semipesados, mas o resultado positivo se dá sobre a base pequena registrada em janeiro de 2016. O setor de caminhões começou 2018 com uma alta de 56% nas vendas de modelos novos, segundo dados da federação de concessionários (Fenabrave). Foram 4.594 unidades emplacadas no primeiro mês do ano, contra 2.940 em janeiro de 2016. O salto ocorre na comparação com os volumes baixos do início do ano passado, os piores em quase 20 anos no país. Mesmo assim é uma boa notícia, de acordo com Alarico Assumpção, presidente da Fenabrave. "O cenário econômico, deste início de ano, é totalmente diferente do início de 2017", afirmou. Entre as marcas, a Mercedes-Benz foi responsável por emplacar 31% do total, seguida pela Volkswagen (25%)
Melhores marcas em participação de mercado em caminhões e automóveis em dezembro de 2017

Melhores marcas em participação de mercado em caminhões e automóveis em dezembro de 2017

Notícias
O ano de 2017 não foi fácil para os brasileiros, todos sabemos. Mas algumas áreas vêm indicando a retomada do crescimento econômico do país, principalmente do setor automotivo. Isto pode ser notado nos mercados de caminhões e automóveis que fecharam o último mês de 2017 com bons índices e boas projeções para 2018: em levantamento da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos (Anfavea) , a expectativa é que, no próximo ano, o aumento nas exportações de veículos pesados estará na marca de 12,8%, enquanto a de veículos leves está estimada em 4,6%. Venda de caminhões No ano passado, a venda de caminhões aumentou 3,5% na comparação com 2016 que foi considerado o pior dos últimos vinte anos.  Os caminhões pesados, acima de 45 toneladas, puxaram as vendas deste mercado ao longo de 201
O cenário para venda caminhões está favorável?

O cenário para venda caminhões está favorável?

Notícias
É claro que o Brasil ainda sente as consequências da crise econômica que se abateu no país durante os últimos anos. A taxa de desemprego é grande e muitos investidores ainda estão receosos. Mas, e a venda de carros e caminhões? O cenário é favorável? É fato que sempre existirão pontos mais complexos para afirmamos sobre um mercado favorável ou não para a venda de veículos, mas, dentro de uma expectativa geral é possível se ter uma melhor noção sobre o assunto. Assim, este artigo discorrerá sobre como está o cenário de venda de caminhões e automóveis. Acompanhe a leitura. Cenário para venda de carros Logicamente, a venda de carros sempre será mais propícia do que a venda de caminhões. É uma conta lógica: se existem mais motoristas habilitados para a condução de automóveis de pequeno
Venda de caminhão é a pior em 11 anos

Venda de caminhão é a pior em 11 anos

Notícias
As vendas de caminhões tiveram o pior resultado em 11 anos. Entre janeiro e julho foram emplacadas 26 mil unidades no País, volume 14,1% menor do que em igual período do ano passado (30,3 mil) e metade do comercializado em 2007 (53,2 mil). Os dados são da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores). O setor tem sido fortemente atingido pela crise na economia e alta no desemprego, que geram demanda menor por mercadorias e serviços e reduzem a necessidade de caminhões. Embora não seja possível separar os pesados por tipo, sabe-se que parcela importante é de caminhões-cegonha, utilizados para o transporte de automóveis, e que sofrem efeito direto da queda no licenciamento desses veículos. Tanto que o número de cegonheiros que atuam no ramo no Grande ABC enxugou 28
VENDA DE CAMINHÕES CAI ATÉ 45%

VENDA DE CAMINHÕES CAI ATÉ 45%

Notícias
A retração da economia brasileira derrubou a venda de caminhões novos nas concessionárias do Estado. E provocou a queda no consumo de óleo diesel em Minas Gerais, confirmando a forte desaceleração no setor de transporte de cargas, tradicional termômetro da economia, uma vez que reflete o escoamento da produção de praticamente todos os segmentos da indústria e do comércio. Na Cardiesel, revenda da marca Mercedes-Benz instalada em Belo Horizonte, as vendas de caminhões zero quilômetro caíram de 40% a 45% no primeiro semestre deste ano na comparação com o mesmo período de 2014. "A situação está bem complicada e já iniciamos a redução no quadro de funcionários", lamentou o gerente de vendas da empresa, Antônio Lima. Segundo ele, a concessionária já fez três "feirões" neste ano com preç
Artigo: Venda de veículos em queda: é hora de comprar?*

Artigo: Venda de veículos em queda: é hora de comprar?*

Notícias
De acordo com dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), a venda de veículos novos estão passando por uma constante queda. Comparado a março, recuou 6,53%, e a abril de 2014, 25%. Há diversas razões para esse cenário, no entanto, a pergunta é: será que é o momento de comprar um carro? Um dos grandes motivos é o período de economia instável pelo qual o país está passando, o que representa instabilidade também nos empregos, causando uma enorme insegurança por parte dos compradores. Promoções e feirões que oferecem condições especiais de pagamento ocorrem a todo o momento, ainda mais nessa situação de baixa no mercado, por isso, cabe a cada um analisar minuciosamente essa “vontade” de adquirir um veículo. No entanto, muitas pessoas se esquecem d