Caminhoneiro: profissão garantida pelos próximos 50 anos

Otimista ou não, essa previsão deve ser levada em conta, pois vivemos um momento tecnológico onde a automação vem crescendo e a direção autônoma já pode ser considerada uma realidade. Diversas frentes pelo mundo a fora vêm expondo soluções e produtos onde, literalmente, substituem a presença humana na operação de conduzir o veículo. Quando se trata do caminhão, onde o motorista profissional exerce sua atividade na condução, será que tamanha tecnologia não pode por em risco essa classe? É muito cedo ainda para saber, porém, o momento certo para discutir o assunto. A pergunta então seria: tamanha tecnologia coloca a profissão em risco? Em minha opinião, não! Pelo menos nos próximos 50 anos.

Claro, muita coisa pode e vai acontecer nesse período, mas o fato é que precisamos analisar este assunto no momento em que as leis sobre a direção autônoma tomar corpo e se tornar uma realidade no trânsito do dia a dia. Por outro lado, acredito que mesmo assim o profissional do volante irá continuar a ser fundamental no acompanhamento da condução automatizada, algo parecido com o que acontece com os aviões comerciais atuais. As atuais aeronaves decolam, aterrissam e voam literalmente sozinhas através do moderno sistema Fly by ware e, mesmo assim, a tripulação continua embarcada, inclusive com o tradicional piloto e co- piloto, acompanhando de perto todo o comportamento dos sistemas.

Com isso, a necessidade do motorista se atualizar frente às tecnologias se torna ainda mais fundamental, pois se hoje muitos profissionais já sentem certa dificuldade em acompanhar as inovações embarcadas, com a implantação da direção autônoma poderá complicar ainda mais, deixando claro a importância de tomarmos uma atitude o quanto antes para evitar um apagão logístico ainda maior com falta de profissionais.

Portanto, independente se a arte de dirigir um caminhão vai ou não deixar de existir, é imprescindível o caminhoneiro atualmente se preocupar em se atualizar o máximo possível, para que não fique fora do setor antes mesmo da direção autônoma chegar de fato.

Até a próxima!

Wagner Araújo – Carreteiro e responsável pelo blog Wagner Caminhõeshttp://wagnercaminhoes.blogspot.com.br/

Fonte: Blog iveco

Comentarios