Novo prazo: financiamento pelo PSI pode ser solicitado até 27 de novembro

O CMN (Conselho Monetário Nacional) confirmou, nesta sexta-feira (13), a reabertura do prazo para solicitação de financiamentos no âmbito do PSI (Programa de Sustentação do Investimento). O prazo, que havia encerrado no último dia 30 de outubro, agora vai até 27 de novembro de 2015. O Programa é desenvolvido pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e tem o objetivo de conceder crédito mais barato para realização de investimentos por parte das empresas.

A data limite já havia sido alterada por meio de uma resolução publicada no dia 23 de outubro, que antecipou do dia 30 de dezembro para o fim do mês passado o prazo para protocolar o pedido. Além disso, o governo federal cortou em R$ 30,5 bilhões o montante disponível para o PSI, que passou a contar com R$ 19,5 bilhões. 

 Com a nova decisão, desta sexta, interessados em aderir ao financiamento pelo Programa de Sustentação do Investimento devem protocolar o pedido junto aos agentes financeiros até 27 de novembro. Mas a contratação segue podendo ser realizada até 31 de dezembro de 2015.

Apesar de estar mantido o valor global de R$ 19,5 bilhões, em nota, o CMN informou, em nota, que foram alterados os sublimites de três linhas do PSI. O subprograma “Máquinas e Equipamentos Eficientes – Grandes Empresas” foi reestabelecido, com as mesmas condições anteriores e limite de contratação no valor de R$ 2 milhões. O limite do subprograma “Bens de Capital – Exportação – Micro, Pequenas e Médias Empresas” passa de R$ 25 milhões para R$ 30 milhões. Por fim, para que não haja modificação no limite global de contratação definido em outubro deste ano, foi proposta a redução de R$ 7 milhões no limite do subprograma “Inovação – Grandes Empresas”, de R$ 452 milhões para R$ 445 milhões. Todas as demais condições financeiras de PSI ficam inalteradas.

Simulador de financiamento

Publicidade



A CNT (Confederação Nacional do Transporte) oferece, aos transportadores, um simulador de financiamento prático de usar. Os resultados são apresentados tendo como base parâmetros de mercado, tais como taxas de juros, prazos, carência e valores financiáveis.

Para acessar, clique aqui.

Natália Pianegonda

Agência CNT de Notícias

Comentarios