Tag: empresas

Um quarto das empresas punidas por greve não faturam o suficiente para pagar multa

Um quarto das empresas punidas por greve não faturam o suficiente para pagar multa

Notícias
Receita de 23 das 96 transportadoras citadas é de até R$ 360 mil, menor que a multa de R$ 400 mil Quase um quarto das 96 empresas punidas a pedido da Advocacia-Geral da União (AGU) por obstruir vias nas greves dos caminhoneiros não tem condições financeiras de pagar a multa de R$ 400 mil. As 23 microempresas que constam da primeira lista de punições, divulgada pela AGU nesta semana, têm faturamento anual máximo de R$ 360 mil e poucos veículos no patrimônio. Para definir as empresas a serem multadas, a AGU tomou por base a lista de multas aplicadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em motoristas que estavam parados na via durante os dias de greve, impedindo a continuidade do tráfego de veículos. No entanto, o governo não considerou qualquer avaliação sobre as empresas antes de solic
Como traçar uma carreira de sucesso em empresas de transporte

Como traçar uma carreira de sucesso em empresas de transporte

Notícias
Na série Futuro do Transporte, gerente executiva da Fundação Dom Cabral, Silene Magalhães, fala sobre formação de lideranças e especialização para o setor O setor de transporte demanda uma especialização cada vez maior dos profissionais, em razão de fatores como os diferentes segmentos de negócio, normas regulatórias e um mercado competitivo. As empresas buscam equipes preparadas para ajudar as organizações lidar com esse cenário e obter resultados sempre melhores. Em entrevista à Agência CNT de Notícias, para a série Futuro do Transporte, a gerente executiva de Programas de Especialização e MPA (Mestrado Profissional em Administração) da FDC (Fundação Dom Cabral) explica como jovens profissionais podem se preparar para encarar esses desafios com competência e desenvolver a car
Novo prazo: financiamento pelo PSI pode ser solicitado até 27 de novembro

Novo prazo: financiamento pelo PSI pode ser solicitado até 27 de novembro

Notícias
O CMN (Conselho Monetário Nacional) confirmou, nesta sexta-feira (13), a reabertura do prazo para solicitação de financiamentos no âmbito do PSI (Programa de Sustentação do Investimento). O prazo, que havia encerrado no último dia 30 de outubro, agora vai até 27 de novembro de 2015. O Programa é desenvolvido pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e tem o objetivo de conceder crédito mais barato para realização de investimentos por parte das empresas.A data limite já havia sido alterada por meio de uma resolução publicada no dia 23 de outubro, que antecipou do dia 30 de dezembro para o fim do mês passado o prazo para protocolar o pedido. Além disso, o governo federal cortou em R$ 30,5 bilhões o montante disponível para o PSI, que passou a contar com R$ 19,5 bilhõe