CNT é contrária à paralisação dos caminhoneiros autônomos

565166-970x600-1

Confederação destaca que encontra-se em pleno trabalho o Fórum Permanente do Transporte Rodoviário de Cargas

A Confederação Nacional do Transporte (CNT), entidade superior que atua na defesa dos interesses do setor de transportes, vem a público repudiar os recentes protestos de caminhoneiros autônomos orquestrados desde o dia 09/11 pelo Comando Nacional do Transporte.

A CNT respeita o direito constitucional de livre manifestação e reivindicação de toda a sociedade e de cada indivíduo, porém não endossa as manifestações ilegais e que não respeitam o direito coletivo, promovem o desabastecimento, impedem o livre direito de circulação, acesso aos bens e serviços públicos e causam transtornos a toda a sociedade.

É importante destacar que encontra-se em pleno trabalho o Fórum Permanente do Transporte Rodoviário de Cargas, colegiado de diálogo e negociação, de temas sensíveis ao setor de transporte rodoviário de cargas, que reúne representantes dos caminhoneiros autônomos, empresas de transporte de cargas, embarcadores e Governo.

Por fim, consideramos imoral e repudiamos qualquer mobilização que se utilize da boa-fé dos caminhoneiros autônomos para promover o caos no País e pressionar o Governo em prol de interesses políticos ou particulares, que não se coadunam aos problemas da categoria.

CNT

Comentarios