Tag: cnt

Somente 12,4% da malha rodoviária brasileira é pavimentada, diz CNT

Somente 12,4% da malha rodoviária brasileira é pavimentada, diz CNT

Notícias
Dados do Anuário CNT do Transporte mostram baixa oferta de infraestrutura para o transporte rodoviário e crescimento acelerado da frota Responsável pela movimentação de mais de 60% das mercadorias e de mais de 90% dos passageiros, o transporte rodoviário enfrenta graves problemas com a baixa qualidade da infraestrutura no Brasil: apenas 12,4% da malha rodoviária é pavimentada. A frota, por sua vez, aumentou 63,6% no período de 2009 a 2017, chegando a quase 100 milhões de veículos em circulação no Brasil. Os dados são do Anuário CNT do Transporte 2018, divulgado pela CNT (Confederação Nacional do Transporte) nessa segunda-feira (13). Outros números demonstram o tamanho do problema. A maior parte das rodovias pavimentadas é de pista simples (92,7%). Além disso, as condições
Juros para financiamento de veículos não acompanham queda da Selic

Juros para financiamento de veículos não acompanham queda da Selic

Notícias
Nova edição do boletim Economia em Foco mostra que o custo do crédito para transportadores continua elevado A Selic, taxa básica de juros, que serve de parâmetro para as demais taxas de juros da economia brasileira, está em 6,5% ao ano, o menor patamar da história. Porém, os juros sobre o crédito para a aquisição de veículos não seguem a trajetória de queda, o que prejudica transportadores que dependem dos financiamentos para investir na modernização e ampliação da frota. É o que aponta a nova edição do boletim Economia em Foco, divulgado pela CNT (Confederação Nacional do Transporte) nesta terça-feira (24). Os dados do boletim apontam que as taxas médias, hoje, estão mais altas do que estavam em 2013, quando a Selic era de 7,25% ao ano, ou seja, superior à atual. No começo de
Estudo revela dificuldades do transporte de cargas em centros urbanos

Estudo revela dificuldades do transporte de cargas em centros urbanos

Notícias
Análise em sete regiões metropolitanas aponta problemas que aumentam o custo operacional e reduzem a qualidade do serviço A CNT (Confederação Nacional do Transporte) divulgou hoje (16/4) o estudo “Logística Urbana: Restrições aos Caminhões?”, no qual são analisadas as condições do transporte de carga em sete regiões metropolitanas do país: São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS), Goiânia (GO), Recife (PE) e Manaus (AM). Os resultados mostram que a urbanização acelerada do Brasil, nas últimas décadas, trouxe complexidade e desafios para a logística de abastecimento das cidades onde vive 84% da população brasileira e circulam 96,7 milhões de veículos automotores. Nesse cenário, transportadores, gestores públicos e empresários lidam com variados graus
Seguro X Cargas – crescimento para 2018

Seguro X Cargas – crescimento para 2018

Notícias
Movimentação de cargas espera crescimento para 2018 Segundo pesquisa realizada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) com empresários do setor, no final de 2017, a maioria deles previa aumento na movimentação de cargas no faturamento para 2018, com um crescimento ainda maior para 2019. Já os membros das Cooperativas de Transporte de Cargas (CTCs) tiveram aumento de 14% no faturamento das empresas em 2017 e para este ano e esperado um aumento de 22%. A CNT também afirma que em 2017, aumentou o volume de transações comerciais no mundo que contribuiu para um resultado positivo recorde de US$ 217,7 bilhões na balança comercial brasileira: as exportações expandiram 18,5% em 2017, na comparação com 2016; enquanto as importações aumentaram 10,5%. Esse crescimento gera impa
59,2% das rodovias brasileiras apresentam problemas de sinalização

59,2% das rodovias brasileiras apresentam problemas de sinalização

Notícias
Dados constam da 21ª Pesquisa CNT de Rodovias, divulgada em novembro do ano passado Um trânsito seguro depende da competência e da responsabilidade dos motoristas, mas não é só isso. As condições da infraestrutura das vias também têm relação direta com a segurança. No ano passado, por exemplo, o Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) foi responsabilizado por dois acidentes fatais em rodovias. As sentenças, proferidas pela 4ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região – com sede na cidade de Porto Alegre (RS) –, alegam que a inexistência de placas indicativas e de pintura de faixas nas pistas foi determinante para os acidentes. Ainda cabe recurso dessa decisão. Segundo balanço da PRF (Polícia Rodoviária Federal), em todo o ano passado, foram registrad
Veja o ranking das piores ligações rodoviárias do Brasil

Veja o ranking das piores ligações rodoviárias do Brasil

Notícias
Levantamento é da 21ª Pesquisa CNT de Rodovias ​Na hora de definir a rota da viagem, é fundamental conhecer as condições das rodovias por onde se vai passar. Tem lugares que, se possível, é melhor evitar. A 21ª Pesquisa CNT de Rodovias, desenvolvida pela Confederação Nacional do Transporte e pelo SEST SENAT, apresenta, entre outras informações, o ranking das piores ligações rodoviárias do Brasil. O levantamento ainda aponta como estão as condições de quase 106 mil km de malha viária. O ranking é obtido após um cuidadoso trabalho, que envolve a coleta das informações em campo, ou seja, diretamente nas rodovias, e a análise dos dados a partir de três variáveis: pavimento, sinalização e geometria da vida. Para conhecer mais, acesse o site da Pesquisa CNT de Rodovias. Enquanto as 10
ANTT abre audiência pública sobre transporte de cargas

ANTT abre audiência pública sobre transporte de cargas

Notícias
Prazo para envio de propostas vai de 29 de janeiro a 14 de março A ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) realiza audiência pública para o aprimoramento da proposta de resolução que substituirá a Resolução nº 1.474/2006, que dispõe sobre os procedimentos relativos à expedição de Licença Originária, de Autorização de Caráter Ocasional e de Licença Complementar, em caso de empresas estrangeiras, para o transporte rodoviário de cargas. O período para envio das contribuições será das 9 horas do dia 29 de janeiro de 2018 até as 18 horas do dia 14 de março de 2018, no horário de Brasília. A audiência contará com três sessões presenciais que acontecerão em São Paulo (SP), Porto Alegre (RS) e Brasília (DF). As informações específicas sobre a matéria e as orientações sobre
Rosas de Ouro põe o pé e o samba na estrada

Rosas de Ouro põe o pé e o samba na estrada

Notícias
 O Brasil possui 1,6 milhão de quilômetros de estradas, considerada a quarta maior do mundo. Em meio aos caminhos e curvas, desafios enfrentados pelos caminhoneiros: a distância e saudade da família, os perigos das estradas, as ilusões, a religiosidade e as diferentes culturas encontradas ao pôr o pé na estrada. Nossas estradas são o principal motor do transporte de cargas: é a riqueza brasileira nas caçambas país afora, baseada na estratégia, adotada na década de 1950, de integrar o Brasil por meio das rodovias. Hoje elas representam 58% das cargas transportadas, e ali encontramos toda a variedade de nosso Produto Interno Bruto (PIB): grãos, eletrônicos, carros, animais, enfim… Mas, para que tudo isso funcione, é preciso de alguém fundamental: o caminhoneiro.
Nova política de preços das Petrobras prejudica transportadores

Nova política de preços das Petrobras prejudica transportadores

Notícias
Presidente da CNT, Clésio Andrade, afirma que a Confederação Nacional do Transporte avalia medidas em relação ao tema A nova política de preços da Petrobras, que entrou em vigor em julho de 2017 e permite à empresa realizar ajustes diários nos preços de venda dos combustíveis das refinarias às distribuidoras, está causando impactos ao setor transportador. Com a nova variação, que passa a vigorar nesta quinta-feira (21) – alta de 0,7% – o óleo diesel acumula alta de 12% no preço médio cobrado das distribuidoras. O valor médio ao consumidor final saiu de R$ 2,97 em julho para R$ 3,30 na primeira quinzena de dezembro. Com o novo reajuste anunciado, o custo operacional do transportador aumentará ainda mais. O presidente da CNT, Clésio Andrade, afirma que a Confederação Nacional do
Transporte é o maior segmento do setor de serviços

Transporte é o maior segmento do setor de serviços

Notícias
Segundo o IBGE, atividades de transporte, serviços auxiliares ao transporte e correios lideram a receita operacional líquida do setor O boletim Economia em Foco divulgado pela CNT (Confederação Nacional do Transporte) nesta terça-feira (12) aponta que as atividades de transporte, serviços auxiliares ao transporte e correios lideraram a receita operacional líquida do setor de serviços no ano de 2015, respondendo por 29,3% do total. A publicação analisa os resultados da PAS de 2015 (Pesquisa Anual de Serviços) do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgada neste ano. “Os serviços de transporte têm um papel estratégico na economia brasileira, com as empresas atuando em território nacional e integradas às cadeias de produção e distribuição de bens, em especial