Veículo para trabalho urbano: qual escolher?

veiculo urbano

Há algum tempo, os profissionais do segmento de entregas, vêm tendo algumas dificuldades, em escolher o veículo adequado. Nesse segmento as alternativas são variadas. Então, vejamos os primeiros passos a seguir:

1. Avaliar o que o mercado está pedindo no momento;
2. Carga seca ou molhada;
3. Pequenas, médias ou longas distâncias;
4. Circulação em áreas restritas;

Após analisar os itens acima, os passos a seguir são;

– escolher o veículo;
– escolher o implemento e os acessórios;

Nesse momento, deve se levar em consideração a capacidade de carga permitida para o veículo escolhido, quanto pode levar de carga mais o implemento e chassis. Agora começam a aparecer os problemas, porque podemos ter em mãos um veículo de até 2 mil kg de carga, mas esse ficará indisponível para volumes de cargas maiores.

Então, será que a escolha do segmento foi mal planejada?

Vejam que se ter em mãos um veículo chamado “toco”, pode ser de grande valia, pois ele tem capacidade de até 10 toneladas, porém, só circula com horários e rotas estabelecidas. Agora, o mais importante é de se ter um acessório para facilitar o trabalho do operador/ajudante, como as famosas plataformas hidráulicas de carga e as também eletro hidráulicas que funcionam com o sistema elétrico do veículo.

Voltando as plataformas, há vários modelos, desde aquelas para pequenos volumes até chegar as de grande capacidade de levantamento de cargas. Então, estamos novamente com o problema: qual escolher.

Bom, já temos o veículo escolhido, as rotas a seguir, então ficou mais fácil. Verifique a que melhor se encaixa ao seu veículo, carga transportada e principalmente o seu poder de compra, pois o investimento nesse equipamento é um pouco alto. Investimento esse que com certeza, irá abrir oportunidades de trabalhos, que compensaram o investimento feito.

Mauro Rodrigues – Estradeiro
Colaborador Blog da Iveco

Comentarios