O eActros em teste de distribuição urbana

CLIENTES MERCEDES-BENZ INICIAM TESTES COM EACTROS
Foto: Mercedes-Benz Trucks

Mercedes-Benz entrega na Alemanha as primeiras unidades da versão 100% elétrica do modelo

A operadora logística Meyer-Logistik e a cadeia de supermercados Edeka, ambas da Alemanha, são dois outros clientes da Mercedes-Benz Trucks a receberem o eActros, a versão 100% elétrica do modelo, para testes em condições reais de operação.

Por um ano, as empresas avaliarão o desempenho dos veículos nas ruas e estradas das regiões de Hamburgo e Berlim. Os modelos, com capacidade para 25 toneladas, foram equipados com baús refrigerados para serem colocados em rotas de distribuição de alimentos frescos, sensíveis à temperatura.

As operações, do centro de distribuição ao varejo, variam de 100 a 300 km diários. No caso da Edeka, no qual a rotina considera várias paradas em supermercados ao longo do dia, o veículo será carregado durante períodos de carga e descarga a fim de garantir que o alcance total do eActros seja utilizado de forma ideal. Segundo a fabricante, o modelo entrega autonomia de 200 km com uma única carga na bateria.

Publicidade:

anuncio

Já nas operações com Meyer-Logistik, o eActros rodará, em média, 100 km por dia com 10 toneladas de carga líquida e, assim, se espera não precisar de recargas durante o serviço.

As duas empresas fazem parte de um total de 20 clientes de diversos setores da indústria que serão parceiras da fabricante nos ajustes do eActros antes da produção em série, estimada para 2021. O objetivo da Mercedes-Benz é encontrar a solução elétrica mais adequada a cada uma das aplicações de transporte de carga, principalmente no que diz respeito à viabilidade econômica se comparada com o motor a diesel.

O eActros é baseado no chassi do modelo convencional, mas integra dois motores elétricos junto aos cubos de roda do eixo traseiro, tecnologia fornecida pela ZF, chamada de AVE 130, que já provou eficiência ao ser utilizada em ônibus. O conjunto desenvolve 126 kW de potência e torque máximo de 49,5 kgfm. A energia é armazenada em baterias de íon-lítio com capacidade total de 240 kWh. A depender do tipo de corrente elétrica, de alta ou baixa tensão, a carga completa leva de 2 a 11 horas.

Fonte: Estradão

Comentarios