Negócios de peças registram alta na Volkswagen Caminhões e Ônibus em 2017

Crescimento de mais de 5% em faturamento e aumento de quase 20% nas vendas aos potenciais consumidores: a MAN Latin America, fabricante das marcas Volkswagen Caminhões e Ônibus e MAN, fechou 2017 com saldo bastante positivo em seus negócios de peças e acessórios, frente aos resultados do ano anterior. A expansão se deve em grande parte à conquista de clientes, atraídos pela ampliação da oferta da montadora, a partir do lançamento de linhas mais econômicas.

 “Em 2018, mais opções de peças com essas características deverão chegar ao mercado. A perspectiva é continuar em ritmo acelerado graças não só à recuperação da economia, mas sobretudo a novidades que vamos ter no campo de remanufaturados para reduzir ainda mais o custo total de operação (TCO) de nossos clientes”, revela Roberto Cortes, presidente e CEO da MAN Latin America.

Um dos principais trunfos do portfólio atual é a linha Economy, lançada oficialmente no ano passado para clientes nacionais e internacionais, com custos bastante inferiores, e mantendo a robustez e garantia da marca Original Volkswagen. São mais de 60 componentes dentro desse conceito, abrangendo desde lonas de freio, filtros de ar e de combustível e tambores de freio a kits de embreagem.

À linha Economy pode-se atribuir significativa participação no avanço de quase 20% nas vendas por veículo da frota circulante, adquiridos nos últimos seis anos e considerados como mercado em potencial pela montadora. “O portfólio com peças mais econômicas agradou a clientes com frota mais antiga e os levou de volta às concessionárias para comprar novamente”, analisa o executivo. O produto mais pedido nesse segmento foi a família de filtros.

Exportações em alta

Os números positivos consideram também as vendas para mercados internacionais: o faturamento em dólar a outros países chegou a crescer 19%. Entre os destaques, a Argentina, que passou a apostar mais nas peças de reposição originais Volkswagen em decorrência da recuperação econômica no país e do aumento das vendas dos veículos comerciais da marca.

Publicidade:

Consorcio DAF

Seguindo o movimento da Argentina, Chile, México, África do Sul e Nigéria também contribuíram para os negócios de peças e acessórios da Volkswagen Caminhões e Ônibus no cenário internacional.

Excelência em estrutura para crescer ainda mais

Além de oferecer peças com custos reduzidos, a MAN Latin America tem investido de forma consistente para avançar em eficiência logística, com modernização de equipamentos e processos. Isso impacta diretamente no tempo de entrega, qualidade e custo-benefício, com significativa melhora, para tornar seus itens ainda mais competitivos para o mercado de reposição.

O setor de Peças e Acessórios é responsável por enviar e comercializar componentes de reposição para abastecer a rede de cerca de 150 concessionárias em todo o Brasil, além dos 30 países para os quais a empresa exporta seus veículos.

Antes de chegar a cada uma das concessionárias da MAN Latin America, cada componente de reposição segue um percurso estrategicamente estabelecido, que garante que a peça esteja no lugar e tempo certo para os veículos VW e MAN.

E a viagem começa justamente no Centro de Distribuição de Peças do Grupo Volkswagen em Vinhedo (SP), considerado um dos maiores do setor na América Latina: são 132 mil m² de área dedicada à armazenagem de componentes, sendo 32 mil m² exclusivos das marcas VW Caminhões e Ônibus e MAN.

Comentarios