Empresas e empreendedores buscam adaptar veículos para atender setores menos afetados pela crise ocasionada pela Covid-19

4TRUCK percebe aumento no número de demandas para adequação de veículos e oferece serviço para a entrega de implemento em cinco dias

Segundo pesquisa divulgada pelo Departamento de Custos Operacionais da NTC&Logística (DECOPE), a demanda por transportes rodoviários de cargas no Brasil terminou a última semana de maio com queda de 39,7% em relação aos níveis anteriores à pandemia de coronavírus. Apesar de, em um primeiro momento, parecer um cenário extremamente negativo, o número representa uma melhora de 1,6% em comparação com a semana anterior. Já o mês de maio terminou com melhora de cerca de três pontos percentuais em relação a abril, apresentando queda de 40,77% na demanda.

Entre os setores mais afetados, está o do agronegócio, que vinha sendo um dos segmentos menos afetados, porém, aprofundou a queda para 32,36% e já perde em demanda para parte dos segmentos industriais. O pior desempenho, porém, é o da indústria automobilística, com recuo de 56,10% no período.

Diante deste panorama – em que muitos setores ainda apresentam queda significativa, porém, com perspectiva de melhora – transportadoras, empresas de logística e proprietários estão buscando adaptar seus veículos para atender a setores que apresentam quedas menores ou até que não sentem o efeito da crise ocasionada pela Covid-19. Esta é a percepção da 4TRUCK, empresa sediada em Guarulhos (SP) e considerada uma das maiores do segmento leve sobre chassi.

“Apesar de toda a crise, a 4TRUCK fechou o primeiro quadrimestre de 2020 com um crescimento de 33%. Quando veio a pandemia, houve uma desaceleração, porém, estamos notando que o mercado está voltando a aquecer. No mês de maio, fechamos com o dobro no volume de venda em relação a abril, quando tivemos o pior resultado em cinco anos”, aponta Osmar Oliveira, CEO da 4TRUCK.

Uma das apostas da empresa é o serviço denominado “Entrega Rápida”, no qual o cliente recebe seu veículo implementado com baú de alumínio em até cinco dias. O executivo alerta que o novo serviço é uma ótima oportunidade para os transportadores. “O serviço foi criado para suprir a urgência neste período de demandas pontuais e essenciais. O cliente costuma se surpreender ao buscar seu veículo implementado dentro desse prazo recorde”, destaca Osmar Oliveira. 

Entre os serviços mais procurados, está justamente a produção de baús de alumínio isotérmicos (que transportam alimentos e medicamentos) e cabines suplementares (transporte de passageiros extras no conjunto, para a manutenção de redes e serviços essenciais). 

Ainda segundo o CEO da 4TRUCK, a expectativa para os próximos meses é positiva. “Contratamos em março e abril, apesar deste último ser um mês bem ruim. Em maio, não contratamos, mas continuamos com o time sem antecipação de férias ou redução de jornada e salários. Com essa demanda de adequações de veículos, esperamos que nos próximos meses a curva no volume de vendas possa ser ascendente e que possamos voltar ao patamar do primeiro quadrimestre”, finaliza Osmar Oliveira.

Sobre a 4TRUCK

Fundada em 2012, a 4TRUCK é fornecedora de implementos rodoviários para o transporte de cargas (baús e carrocerias) e de unidades móveis para toda linha de caminhões e vans sobre chassi, além de possuir unidade de serviços para a manutenção de equipamentos multimarcas. Em apenas oito anos tornou-se uma das principais fabricantes de implementos do Brasil e atualmente também é referência em soluções sobre rodas para prover mobilidade em negócios diversos. Acesse: www.4truck.com.br/site/ 

MAIS INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA

Tâmara Santos – tamarasantos@rspress.com.br

Tássia Lourenço – tassialourenco@rspress.com.br

Newton Silva – newtonsilva@rspress.com.br

Comentarios