Via Anhanguera é recordista em roubo de cargas

Nos últimos quatro anos, o roubo de cargas teve alta de 42% no Brasil. Os dados são da NTC&Logística e da Buonny, uma das principais gerenciadoras de risco do país. Na opinião de Cyro Buonavoglia, presidente da Buonny, a falta de segurança e penalidades brandas na legislação contribuem para o aumento desses índices.



A Rodovia Anhanguera é a recordista em incidências, seguida pela Via Presidente Dutra e pela Castello Branco. Produtos alimentícios, cigarros, confecções e eletroeletrônicos lideram a lista, pois, devido à sua fácil distribuição e difícil identificação de origem, são facilmente comercializados no varejo.

Os roubos estão concentrados principalmente em São Paulo e no Rio de Janeiro, onde acontecem 75% das ocorrências.

Comentarios