Vai iniciar uma viagem? Veja as dicas da WABCO

Líder no fornecimento de sistemas de segurança e controle para veículos pesados, a WABCO ressalta a importância da checagem do sistema pneumático

WABCOSevicePartner(CompressordeAr) 

 Vital para a eficiência do freio, o sistema pneumático requer a atenção do caminhoneiro antes de por o pé na estrada. Líder de mercado em ABS, controle eletrônico de estabilidade (ESC), sistemas de freio convencionais, controles de transmissão automática e outras tecnologias de segurança e eficiência para veículos comerciais, a WABCO América do Sul busca sempre compartilhar conhecimentos. O sistema de ar envolve uma série de componentes. Para ajudar na tarefa, segue uma lista com os itens a serem checados.

Compressores de ar

O nível de óleo do motor deve estar entre as marcações máxima e mínima na vareta de verificação, pois, além de ser importante para o motor, o óleo é também utilizado para lubrificar os componentes do compressor de ar. Para compressores de ar que possuem refrigeração a água, verifique também o nível do reservatório bem como a qualidade do líquido de arrefecimento recomendado pelo fabricante do motor do veículo.

Antes de ligar o motor do veículo para carregar o sistema pneumático e verificar a pressão do ar nos manômetros, certifique-se de que a válvula de freio de mão está acionada (freio de estacionamento aplicado). Feito isso, ligue o motor e observe se os reservatórios de ar começam a ser carregados por completo (normalmente oito ou dez bar). Após concluído o processo de enchimento dos reservatórios de ar, observe também se há algum alerta sobre o “status” da pressão pneumática (exemplos: aviso sonoro, se a luz indicadora de baixa pressão localizada no painel de instrumentos permanece acesa, etc). Se isso ocorrer, pode ser um sinal de que há problema no sistema pneumático e, portanto, procure por profissional qualificado para solução do problema.

Regulador de pressão

Observar a forma como o regulador de pressão está trabalhando. A primeira se dá quando o regulador atinge a pressão máxima de regulagem (pressão máxima do freio), fazendo com que abra a válvula de descarga e como consequência, o ar comprimido procedente do compressor de ar é soprado para a atmosfera. Fique tranquilo, pois a pressão máxima de trabalho (oito ou dez bar) está mantida. A segunda acontece quando o regulador atinge a pressão mínima de trabalho, fazendo com que a válvula de descarga feche e, normalmente, o sistema pneumático volta a ser carregado até atingir novamente o nível de pressão máxima de trabalho. Esse ciclo de abrir e fechar da válvula de descarga se repete sempre que ocorrer consumo do ar comprimido do sistema pneumático (várias atuações dos freios, por exemplo), de maneira a reduzir significativamente a pressão máxima do freio.

Secador de ar

Há modelos de veículos que possuem secador de ar instalado. Assim sendo e em condições normais de aplicação, tanto os cartuchos convencionais quanto os cartuchos com coalescência (WABCO Air System Protector) devem ser trocados, em até dois anos de uso. Para verificar a condição do cartucho/filtro do secador de ar, consulte profissional qualificado.

Reservatório de ar

É recomendado drenar periodicamente os reservatórios de ar com o objetivo de eliminar qualquer possibilidade de acúmulo de água, óleo ou mesmo de pequenas partículas metálicas; impurezas procedentes do compressor de ar (isso também é válido para veículos com secador de ar instalado no sistema pneumático).

Sistema antitravamento de rodas (ABS)

O ABS oferece segurança e dirigibilidade mesmo durante aplicação do freio. O correto funcionamento do ABS é indicado por meio da lâmpada de advertência localizada no painel de instrumentos do veículo.

Como referência, quando o ABS está sem falha, a luz do painel acende e apaga. ABS com falha, luz acende e não apaga. Para correta interpretação da falha, consulte manual do veículo ou consulte profissional qualificado.

Faça a checagem e tenha uma boa viagem. Caso perceba a necessidade de manutenção, procure a unidade Service Partner WABCO mais próxima. A rede de serviços de pós-venda WABCO abrange mais de 110 países, incluindo mais de 2.000 postos de serviço. No Brasil, são 160.

As soluções da WABCO estão presentes mundialmente em caminhões, ônibus e semirreboques, inclusive para composições especiais como rodotrens, bitrens e demais configurações brasileiras.

Faça sempre a manutenção preventiva e use produtos originais WABCO.

Para mais informações: 0800 70 70 885.

WABCO América do Sul

Na América do Sul, a WABCO detém a liderança de mercado em tecnologias para segurança e eficiência para veículos comerciais. É pioneira, por exemplo, em ABS, ECAS e transmissão automatizada. No Brasil desde 1980, a WABCO oferece soluções que atendem a diferentes modelos e configurações de veículos. A empresa atua fortemente no suporte à indústria automotiva e em todas as frentes do pós-venda. Com um mundo de soluções, conta com um conjunto de serviços para melhor atender ao cliente, como a WABCO University, para treinamento de profissionais, e a rede Service Partner, com oficinas altamente especializadas.

WABCO

A WABCO (NYSE: WBC) é uma empresa inovadora e líder global no fornecimento de tecnologias que melhoram a segurança e a eficiência de veículos comerciais. Fundada há quase 150 anos, a WABCO continua a ser pioneira na descoberta de produtos e sistemas para frenagem, estabilidade, suspensão, transmissão e aerodinâmica, com tecnologias mecânicas, eletrônicas e mecatrônicas. Hoje, todos os principais fabricantes de caminhão, ônibus e semirreboque do mundo têm tecnologias WABCO. Além disso, a WABCO fornece soluções para a gestão de frotas e serviços avançados para o pós-venda. Com vendas de US$ 2,9 bilhões em 2014, a WABCO tem sede em Bruxelas, na Bélgica. Para mais informações, visite http://www.wabco-auto.com.

MAIS INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA

Printec Comunicação

Eleni Rocha

 

Comentarios