Transporte da TNT ganha plano de compensação de carbono com a Mercur

TNT possui unidade modelo no Rio Grande do Sul que reaproveita água da chuva, iluminação natural nas operações, além da compensação de CO2 com plantio de árvores.

tnt

Os investimentos da TNT Mercúrio em ações de sustentabilidade renderam um case de sucesso na unidade em Santa Cruz do Sul (RS). A unidade iniciou o projeto de compensação de carbono com a Mercur em 2015, prevendo converter todo o impacto ambiental do transporte dos produtos da companhia e plantio de árvores. Em 2016, a TNT Mercúrio deverá plantar 534 árvores, para compensar a emissão de 84,41 toneladas de CO2. O plantio acontecerá entre maio e agosto.

“Fomos incentivados pela Mercur a iniciar o projeto, mas estamos trabalhando para seguirmos o exemplo com outros clientes. A sustentabilidade está no pilar de ações da TNT no Brasil, e pretendemos continuar a implantar novos projetos que tragam contribuições para o meio ambiente”, explica o diretor de Operações e TI da TNT Mercúrio, Fabiano Fração.

Segundo Fração, a TNT compensa atualmente apenas aquilo que é emitido no transporte para a Mercur, seguindo o cálculo mensal enviado pela própria empresa. Inaugurada em 2008, a filial possui sua construção voltada para o reaproveitamento de água da chuva, luz do sol, além de reciclagem de materiais utilizados no dia a dia das operações, como resíduos de plástico e papel, que são encaminhados para um terminal de reciclagem.

O aquecimento da água do banheiro e do refeitório é resultado da produção de energia de placas fotovoltaicas instaladas no telhado. Já a iluminação do terminal privilegia a luz natural do sol, com telhas transparentes. O telhado da franquia também foi desenhado para captar 75 mil litros de água da chuva, que podem ser utilizados para limpeza do pátio, banheiro e regar as plantas.

Fonte: Portal das Estradas

Comentarios