Transportadora supera os desafios da rota Cuesta Caracoles com caminhões Volvo

A empresa chilena de transporte RRC International Group testa diariamente a habilidade de seus motoristas e toda a tecnologia dos caminhões da Volvo no trecho conhecido como “Cuesta Caracoles” da rota “Paso Los Libertadores”, que liga o Chile à Argentina e considerada uma das mais perigosas no mundo.

Fundada em 1981, a empresa é referência internacional no transporte de cargas com temperatura controlada e possui mais de 100 caminhões Volvo, a maioria modelos FH equipados com motores com potências de 540 cv, 500 cv e 460 cv, e idade média de 1,5 ano. Em seus mais de 35 anos de existência, a empresa tem feito do “Paso Los Libertadores” seu maior desafio. Um desafio no qual as habilidades de condução dos motoristas e a tecnologia que os caminhões Volvo disponibilizam têm garantido segurança, eficiência e responsabilidade ambiental para as operações. O empresário e CEO da RCC, Raúl Román Clavero, resume em uma palavra: sustentabilidade.

A empresa é especializada no transporte de carga seca e refrigerada, principalmente produtos de saúde, higiene e limpeza, além de alimentos e frutas como banana e kiwi. Suas principais rotas são de Santiago, no Chile, a Buenos Aires e a Mar del Plata, na Argentina.

A travessia da Cordilheira dos Andes, no “Paso Los Libertadores”, é uma das dez rotas mais extremas do mundo. A 3.200 metros de altitude e com condições meteorológicas muitas vezes adversas, toda a tecnologia embarcada nos caminhões Volvo é ativada para realizar uma operação segura e eficiente, com mais economia e menos impacto.

No passado, cada uma das unidades de comando do caminhão trabalhava isoladamente. Hoje, a tecnologia permite um fluxo de informações de ida e volta entre as unidades de comando e a central de monitoramento. Isto permite, por exemplo, a comunicação entre o motor e a transmissão que os faz funcionar de forma ótima e com mais potência.

Como funciona a tecnologia Volvo em uma rota extrema?

Dynafleet

O sistema online de gerenciamento de frotas da Volvo faz com que a operação do caminhão se torne mais inteligente, segura e eficiente. O principal objetivo do Dynafleet é melhorar a rentabilidade da operação, em uma equação que combina economia de combustível, cuidados ambientais e posicionamento da frota.

A ferramenta auxilia empresas de transportes a assumirem o controle total de suas operações. É possível verificar a localização dos caminhões em tempo real, controlar a quantidade de combustível que está sendo consumida e verificar rotas percorridas, tempos de deslocamento e muito mais. Além da frota, é possível monitorar também o estilo de condução de cada um dos motoristas.

O aplicativo Dynafleet permite ao empresário obter informações atualizadas e detalhadas sobre a frota de caminhões em qualquer dispositivo com acesso à internet. Com as informações em mãos, é possível atuar para dar mais eficiência à operação e consequentemente mais rentabilidade ao transportador.

Uma das ações é o treinamento de motoristas customizado de acordo com o estilo de condução de cada um deles, o que permite uma condução econômica não apenas em consumo de combustível de forma rápida e notória, mas também pela extensão da vida útil das peças do caminhão.

Com o Dynafleet, o empresário pode gerar relatórios a partir de uma ampla gama de parâmetros e descobrir por que um veículo em particular consome mais combustível do que outro, realizando a mesma operação. Desta forma, o potencial de economia pode ser identificado de forma rápida e mais precisa.

Por outro lado, a função ranking de eficiência de combustível permite comparar o desempenho dos motoristas em detalhe, bem como a busca de tendências ao longo do tempo. A ferramenta é perfeita para o treinamento ativo de motoristas e para controlar o consumo de combustível ao longo do tempo.

Driver Coaching

Na cabine, o caminhão conta com o Driver Coaching, função que dá dicas ao motorista sobre como dirigir de maneira mais eficiente. Ele fornece uma análise contínua da viagem, para que o motorista possa responder às diversas condições de transporte. Além disso, permite gerar ranking dos melhores motoristas ao longo do tempo.

Emissões de carbono

A economia de combustível, por sua vez, se traduz em um menor impacto para o meio ambiente pela  redução da emissão de poluentes e, desta forma, melhorar a pegada de carbono da empresa. Com Dynafleet, os relatórios ambientais podem ser gerados na frequência desejada.

Posicionamento

O Dynafleet permite o monitoramento dos caminhões da frota, com mapas detalhados que fornecem total controle das operações. Os dados do veículo podem aparecer diretamente no mapa para obter informações imediatas sobre as entregas.

 Dynafleet App

Todos os usuários do Dynafleet podem ter acesso às informações essenciais da frota em seu smartphone ou tablet. Basta baixar o aplicativo pela AppStore ou pelo Google Play. O App Dynafleet fornece acesso às informações em tempo real. O hardware Dynafleet é item de série em todos caminhões da Linha F da Volvo. Para acioná-lo o empresário precisa assinar o serviço e acessar as informações da frota ou usar o app móvel para obter atualizações.

 VOAR on Call

Ter um pedido de ajuda atendido apertando apenas um botão é um serviço exclusivo que a Volvo oferece aos seus clientes. O serviço on-line está disponível nos caminhões da Linha F a partir de um botão localizado no painel de controle do caminhão. Diante de qualquer dificuldade no caminho, pressionando o botão VOAR on Call,  o motorista se comunica,  imediatamente, com um técnico da Volvo. O serviço permite que o técnico acesse as informações do caminhão para diagnosticar o motivo da parada e corrigir falhas técnicas online, graças ao registro no sistema do ID do chassi, posição e códigos de falha.

 ISee

O I‐See é uma tecnologia da Volvo que lê a topografia da estrada por onde o caminhão circula e a memoriza. Numa próxima viagem pela mesma rodovia, o dispositivo utiliza os dados para, automaticamente tornar mais eficiente a troca de marchas e o uso do freio motor, o  que permite otimizar a eficiência de combustível e a segurança da operação.

As informações sobre as ladeiras da estrada, por exemplo, são usadas pelo I‐See para gerenciar a velocidade e as marchas do caminhão da maneira mais eficiente. Com isso, o caminhão aproveita a energia cinética e economiza até 5% de combustível. A maior economia é feita nas encostas suaves, mas o I‐See possibilita a economia de combustível em todos os tipos de ladeiras. As informações são armazenadas na unidade de comando da transmissão, com uma capacidade de até 6.000 quilômetros de inclinações.

Fonte: Future Transport

Comentarios