Setcesp lança Linha Direta do Transportador

Chico da Boleia participou do evento realizado em São Paulo que reuniu representantes e imprensa para apresentar a nova ferramenta.

O Setcesp (Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região) lançou no dia 12 de abril, o novo serviço chamado LDT – Linha Direta do Transportador. Criada em parceria com a NTC&Logística, o objetivo da ferramenta é proteger o transportador de cargas de procedimentos que estejam em desacordo com as normas, legislações e regulamentações do setor.

O funcionamento da LDT é simples. O Setcesp recebe as reclamações, sugestões ou denúncias via telefone ou e-mail e faz a apuração de cada caso mediante comprovação por documento formal. A referência para a análise será a legislação vigente e concernente a cada questão.

setcesp-8

De acordo com cada caso, a LDT poderá propor soluções e oferecer recomendações ao embarcador visando a melhoria de seus processos e adequação legal dos mesmos. Caso esta intermediação não obtenha resultados positivos, a LDT poderá agir junto a órgãos administrativos, poder judiciário e em qualquer outra instância legal que permita a defesa dos legítimos pleitos do setor de transporte.

Em conversa com Chico da Boleia, Tayguara Helou, Presidente do Setcesp, afirmou que o novo serviço foi um resultado de conversas com transportadores, que indicavam dificuldades financeiras e operacionais com os embarcadores e recebedores.

“A Linha Direta foi criada então para recepcionar os casos e denúncias. Para que isso seja registrado, o transportador tem que se identificar e documentar a queixa: se é descumprimento de jornada do caminhoneiro, não pagamento do vale-pedágio, obrigações de prazo de entrega, ou qualquer outra ilegalidade. Depois, o Setcesp entrará em contato com embarcadores e recebedores para uma possível conciliação. Se isso não funcionar, os orgãos judiciais serão acionados”, explicou Tayguara.

O Presidente da entidade também informou que os denunciantes poderão contar com total sigilo das informações apresentadas. “O sistema é um disque-denúncia que pode favorecer tanto os transportadores da nossa base de associados, quanto os não associados.”, concluiu.

Para realizar a reclamação ou denúncia, o transportador deverá informar os dados abaixo por meio de formulários específicos:

  • Dados completos das empresas denunciante e denunciada;
  • Descrição detalhada sobre o fato;
  • Possíveis infrações cometidas na visão do reclamante;
  • Documentos que comprovem a reclamação.

Redação Chico da Boleia com informações de Setcesp

Veja mais Fotos:

Lançamento LDT – Linha Direta do Transportador - SETCESP

Comentarios