Quem dá as cartas?

O Scania do tcheco Dan Bahleda atrai pela cor prata com detalhes em laca e aço cromado

O Supertruck da Sorte tem motor de 620 cv

Quem joga cartas ou aprecia uma jogatina sabe que é vantagem ter um coringa nas mãos. Pensando assim, o sueco Dan Bahleda quis a sorte lado a lado, e para isso a estampou no seu Scania R 620.

A sorte é tanta que Dan já levou muitos prêmios para casa depois de exibir seu caminhão em festivais de supertrucks espalhados pela Europa.

A pintura foi elaborada em diferentes tons de cinza e prata, com detalhes cromados para destacar a obra. Mesmo o estilo “carteado” que rende ao caminhão um ar nobre, o desenho ficou contemporâneo.

Um detalhe deve ser mencionado sobre o criador. Foi o próprio Dan quem idealizou o coringa. Ele o projetou com traços selvagens e com expressões de espanto, mas sem perder o estilo do personagem do cinema.

O trabalho com spray ficou por conta de Olaf Pugner, jovem artista plástico europeu.

Não apenas a atrativa pintura que transforma o caminhão, mas também o seu motor V8 de 620 cv o torna um supertruck.

Mas ainda há muitos outros predicados a serem mencionados sobre este Scania. Os acessórios são exemplos. Infinitos emblemas da marca de origem sueca foram produzidos a laser para compor esse excêntrico veículo.

O chassi foi completamente revestido e a parte traseira integralmente elaborada para o projeto. Os tubos de aço fino localizados atrás do cavalo, assim como o pára-sol — este um dos poucos acessórios autênticos do veículo —, renderam ao caminhão um ar robusto.

Publicidade



Dan já levou muitos prêmios
Dan ja levou muitos prêmios

 Um supertruck de família

Dan recebeu a ajuda de muitos amigos e parentes para desenvolver o projeto em seu Scania. Junto com o primo David Ambrozek, ele pintou toda a cabine, incluindo os detalhes produzidos em plástico e algumas particularidades do volante como a brincadeira branco e preto. Enquanto isso o seu tio Antonin Adamek foi o responsável pelo trabalho de tapeçaria – tudo revestido em couro branco para harmonizar com prateado do cavalo-mecânico.

Chama a atenção os detalhes da maquiagem do coringa e de personagens do carteado. Esses detalhes ficaram sob a responsabilidade do artista Olaf Pugner.

Dan parafusou rodas de cubos de aço fino e bem ao centro o símbolo da grife sueca, que ele tanto admira.

Muitos desses apetrechos que enfeitam o Scania não podem ser adquiridos em lojas convencionais de acessórios, tampouco pela internet, pois foram desenvolvidos exclusivamente para Dan, e alguns até idealizados por ele mesmo.

Razão pela qual para Dan Bahleda esse caminhão não tem preço.

fonte: Transporte Online

Comentarios