O que é o efeito “slosh”?

Durante uma curva os veículos experimentam a aceleração lateral. Dependendo da intensidade da aceleração, o veículo perde sua estabilidade lateral e ocorre o tombamento.

A aceleração lateral máxima que um veículo de carga é capaz de suportar antes de tombar é chamada de “Limiar de Tombamento Estático”, SRT (Static Rollover Threshold).

O SRT é representado pelo valor da aceleração lateral capaz de causar o levantamento dos pneus do lado interno da curva, momento a partir do qual o tombamento é considerado inevitável.

Tanques tem SRT entre 0,4 g´s e 0,6 g´s quando carregados.

Trafegar com volume parcial

As características de tombamento de um tanque são fortemente influenciadas pelo movimento livre do líquido dentro do compartimento de carga. Em um tanque carregado com volume parcial, esse movimento da carga é mais intenso, produzindo um efeito conhecido como “slosh”. São movimentos complexos e dependem basicamente da geometria do tanque e da viscosidade do líquido.

Publicidade:

anuncio

Slosh em tanques

No caso de tanque cilíndrico o Centro de Gravidade da carga descreve um arco, cujo centro coincide com o centro do tanque No tanque policêntrico, o movimento é mais complexo e o centro de gravidade da carga se desloca primeiramente na horizontal e depois descreve um movimento elíptico.

Fonte: Guia do TRC

Comentarios