Novo prazo para refinanciamento de dívidas de transportadores rodoviários de cargas

problemas-conhecidos

O prazo era até o 31 de dezembro de 2015 e o Procaminhoneiro também tem novo prazo fixado

Confederação Nacional do Transporte – CNT – informou que foi prorrogado, até o dia 30 de junho de 2016, o prazo para transportadores rodoviários de cargas solicitarem a renegociação de financiamentos feitos para compra e arrendamento mercantil de caminhões, chassis e outros implementos rodoviários, além de sistemas de rastreamento novos, seguro do bem e seguro prestamista.

A medida está prevista na resolução 4.461/2016 do Banco Central e vale para operações que foram contratadas junto a instituições financeiras credenciadas pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) até 31 de dezembro de 2014, conforme a lei 12.096/2009. Ela autorizou a subvenção econômica da União ao BNDES, para que as taxas de juros fossem mais baixas.

Renegociação parcelada

A renegociação pode ser realizada até doze parcelas que vencerão a partir da formalização do refinanciamento. A taxa de juros mínima será de 6% ao ano. Mas valerá a taxa do contrato original se ela for superior a 6% a.a.

Procaminhoneiro também tem novo prazo fixado 

Quem contratou financiamentos pelo Procaminhoneiro também tem até 30 de junho deste ano para solicitar a renegociação. O prazo foi ampliado por meio de uma medida provisória publicada no Diário Oficial da União em 31 de dezembro de 2015, quando terminaria, inicialmente, o prazo para formalização do pedido.

fonte: O Carreteiro

Comentarios