Fumaça preta emitida por veículos é sinal de alerta aos motoristas

fumaca-caminhao

Caminhão que emite fumaça em excesso ou fumaça preta precisa de uma boa regulagem.

O combustível dos caminhões, ônibus e veículos pesados é o óleo diesel, e uma característica de seus motores é trabalhar com uma mistura que admite ar e combustível numa relação mais ar do que combustível. Quando desregulado, a tendência é que o motor solte mais material particulado, que é a fumaça preta.

“Quando o motor está bem regulado não acontece esse tipo de fumaça, a não ser em alguns veículos mais antigos nos momentos de retomada ou troca de marcha”, afirma Vanderlei Borsari, gerente de divisão de emissões veiculares da CETESB – Companhia Ambiental do Estado de São Paulo.

Manutenção

Muitas pessoas deixam a manutenção preventiva de lado acreditando que vão economizar e reduzir custos, mas os problemas que podem surgir são ainda mais graves. “A fumaça que vemos é simplesmente uma parte do combustível que não foi utilizado para o veículo gerar energia e se movimentar. Manter o veículo desregulado tende a desgastá-lo mais ainda. A melhor opção é levá-lo para a manutenção assim que perceber uma emissão excessiva de fumaça preta”, declara Borsari.

giphy

Multa

A fumaça preta é altamente poluente e contém substâncias nocivas à saúde e ao meio-ambiente, por isso, a punição para motoristas flagrados com veículos desregulados em São Paulo é uma multa no valor de R$ 1413. Todos os dias técnicos da CETESB vão para as ruas e fazem a comparação da emissão de fumaça com um padrão máximo que o veículo pode emitir. Durante os meses de inverno, devido à dificuldade de dispersão de poluentes na atmosfera, essa fiscalização é intensificada pela Operação Inverno.

Ao constatar que o veículo está emitindo acima do permitido, o proprietário é multado em R$ 1413, equivalente a 60 UFESP – Unidade Fiscal do Estado de São Paulo. O valor pode dobrar caso o proprietário não regule o veículo.

Após a ocorrência da primeira multa, se o motorista levar o veículo para manutenção em uma das oficinas credenciadas no programa PMMVD – Programa de Melhoria da Manutenção de Veículos Diesel da CETESB, o valor da multa pode ser reduzido em 70%. No processo é feita a regulagem e medição de opacidade do nível de fumaça, em seguida, o proprietário entra com um processo na CETESB para solicitar a redução da multa.

Todas as informações e a lista de oficinas espalhadas pelo estado de São Paulo estão no site da CETESB. O motorista deve procurar o ícone “Ar-Emissão Veicular” e em seguida, “Fumaça Preta”.

Fonte: Portal das Estradas

Comentarios