Eu, Caminhoneiro – Cuidados nas viagens noturnas

Quando fui fazer o meu curso MOPP para transporte de cargas perigosas, o instrutor que era policial militar deu uma recomendação para os alunos: sempre fechar as janelas durante a noite afim de evitar entrada de bichos noturnos, já que eles podem causar perda de controle e acidentes.

Eu nunca fui daqueles que só se cuida ou muda o modo de vida depois de um grande susto e jamais me envolvi em acidentes e nem mesmo escorreguei dirigindo na chuva. Porém, eu tenho muito medo de me machucar e também envolver terceiros em acidentes, e, em pista molhada, mudo o comportamento em direção. Portanto, com o aviso do instrutor, passei a sempre trafegar durante a noite com os vidros fechados, até mesmo quando possível durante o dia nos veículos sem ar condicionado.

E foi por conta dessa atitude que me safei de passar por um momento complicado durante uma condução noturna. Estava indo realizar uma entrega na cidade de Campos dos Goytacazes-RJ. Na passagem pela capital do estado, tive que dirigir de madrugada para passar a ponte Rio-Niterói, porque a ponte fica liberada para tráfego de carretas apenas das 22h às 04h. Após passar a ponte rodei por mais alguns quilômetros até encontrar um local seguro para pernoitar. Nesse momento, passei por um trecho da BR-101 sem habitação e rodeado por mata atlântica fechada. No trecho tinha placas de trânsito informando para reduzir a velocidade para 60 km/h e assim fiz para ficar mais atento para travessia noturna de animais silvestres na rodovia. Também, com essa velocidade ficaria realmente mais seguro e com tempo hábil para uma freada ou desvio necessário com o caminhão carregado.

Já passava alguns minutos rodando por esse trecho de mata quando do meu lado esquerdo vi um vulto vindo rápido para cima do caminhão e, sem tempo de reação, ouvi um barulho enorme! Era um morcego de porte médio que acabara de se chocar com o caminhão e ficou preso no retrovisor.



Passando o susto, antes de conseguir encontrar um local seguro para encostar, o pobre animal veio de encontro a janela do motorista antes de cair… já pensou se estivesse com os vidros da janela abertos? Já seria o necessário para a perda de controle do cargueiro.

Sendo assim, deixo essa dica para os amigos de estrada. Fiquem atentos aos conselhos dos caminhoneiros mais velhos, experientes e de pessoas que já passaram por alguma condição de perigo na estrada, não esperem que aconteça com você, pois todo acidente pode e deve ser evitado, não é verdade?!

Até logo.

Fonte: Blog Iveco

Comentarios