Daimler Trucks lança caminhões elétricos nos Estados Unidos

 Além do pesado totalmente elétrico Freightliner eCascadia, o mercado americano recebe o caminhão médio Freightliner eM2

 

A Daimler Trucks, maior fabricante de veículos comerciais do mundo, lançou, em Portland, nos Estados Unidos, durante o evento “Capital Market & Technology Days”, o Freightliner eCascadia, caminhão pesado elétrico para operações de longo percurso e uma versão do Freightliner eM2 106 do segmento de caminhões médios (PBT de 9 a 12 toneladas).

No evento, foi anunciada também a criação da unidade global E-Mobility Group (EMG), que consolida o know-how global da Companhia em trens de força elétricos para veículos comerciais.

A Daimler Trucks North America (DTNA) planeja entregar uma frota inovadora com cerca de 30 caminhões elétricos a seus primeiros clientes dos Estados Unidos ao longo deste ano. Assim como já acontece com o caminhão elétrico FUSO eCanter e com o Mercedes-Benz eActros, a meta é obter experiência em e-trucks, trabalhando em conjunto com os clientes para definir como os caminhões elétricos podem ser utilizados com eficiência nas operações de transporte.

Com os dois “e-trucks” da Freightliner, o Mercedes-Benz eActros, o FUSO eCanter, e também o ônibus urbano Citaro totalmente elétrico da Mercedes-Benz e o ônibus escolar Thomas Built Saf-T Liner C2 Jouley, a Daimler Trucks & Buses já tem o maior portfólio de veículos comerciais totalmente elétricos.

Martin Daum, membro do Board do Grupo Daimler AG e chefe mundial das divisões Daimler Trucks e Daimler Buses, afirmou: “Somos os líderes da indústria e pretendemos continuar nessa posição com os caminhões e ônibus elétricos. Fomos os primeiros a avançar em caminhões elétricos e a estabelecer os padrões em cada segmento. Com a formação do nosso E-Mobility Group, aumentaremos os nossos investimentos nessa tecnologia. Assim, podemos buscar as melhores soluções em baterias, gestão de energia e recarga”.

“E-Mobility Group” consolida o know-how mundial da Daimler

A Daimler Trucks & Buses vê a mobilidade elétrica como um impulsionador de inovações na indústria de veículos comerciais e como um fator decisivo para liderar o setor de transportes rumo ao futuro livre de emissões. O principal objetivo do Grupo é que a mobilidade elétrica deve ter bom custo/ benefício, tanto para o cliente, quanto para o fabricante.

Publicidade:



Incluindo todas as marcas e divisões da Daimler, o EMG irá definir a estratégia para os componentes dos produtos e veículos elétricos completos e desenvolver uma arquitetura elétrica global padronizada, similar à plataforma global da Daimler Trucks para motores convencionais e componentes de trem de força.

O EMG é formado por colaboradores que trabalham em vários locais da rede global de desenvolvimento da Daimler, ou seja, em Portland (EUA), Stuttgart (Alemanha) e Kawasaki (Japão). A partir de 1º de julho, Gesa Reimelt, chefe da área de Projetos de Produtos Trem de força & eDrive da Mercedes-Benz Automóveis, será responsável pela nova unidade de mobilidade elétrica. Nessa função, se reportará ao Dr. Frank Reintjes, chefe da área de Trem de Força Global e de Engenharia de Fabricação da Daimler Trucks.

“Esperamos que a demanda por caminhões e ônibus elétricos aumente”, diz Dr. Frank Reintjes. “Somente fabricantes que lideram o setor, tanto em sistemas de propulsão convencionais como em elétrica, conseguem oferecer soluções convincentes do ponto de vista técnico e comercial. Sobre os trens de força convencionais, estamos sempre nos inspirando em seu bom desempenho para levar essa experiência para os sistemas de propulsão elétrica. Para isso, estabelecemos o E-Mobility Group, no qual nossos especialistas trabalharão em conjunto para o desenvolvimento das melhores tecnologias elétricas”.

Freightliner eCascadia e eM2 para a região do NAFTA

O Freightliner eCascadia se baseia no Cascadia, caminhão pesado para longa distância e de maior sucesso no mercado do NAFTA, região de livre comércio da América do Norte. Com 730 cv, é quase silencioso, com destaque para o capô no estilo americano. A 550 kWh, suas baterias fornecem energia suficiente para uma autonomia de até 400 km, podendo recarregar 80% de sua bateria em 90 minutos para rodar mais 320 km.

O caminhão leve Freightliner eM2 106 é indicado para operações de distribuição. As baterias da nova versão elétrica proporcionam 325 KWh para até 480 cv. A autonomia do eM2 gira em torno de 370 km. É possível carregar 80% de sua bateria em 60 minutos, o que é possibilita uma autonomia de cerca de 300 km.

“Com nossos caminhões e ônibus, queremos que os clientes tenham muito sucesso em suas operações. Isso se aplica para caminhões elétricos e também para trens de força convencionais”, ressalta Dr. Frank Reintjes. “Assim, projetamos o Freightliner eCascadia e o eM2 nos Estados Unidos, de acordo com os requisitos específicos dos clientes. Como líderes de mercado na América do Norte, sabemos que somente caminhões e ônibus que atendam às necessidades dos operadores de transporte prevalecerão nesse mercado”.

Veja vídeo dos caminhões

Comentarios