Copa Truck escreve novo capítulo de sua história na Argentina

Lendário autódromo de Buenos Aires abre a Copa Mercosul – primeira turnê internacional da categoria, que também compete no Uruguai em outubro.

A Copa Truck começa a escrever neste fim de semana um inédito e importante capítulo em seu segundo ano de história: pela primeira vez na história das competições de caminhões do Brasil um campeonato realiza duas provas seguidas fora de casa. Buenos Aires, na Argentina, abre a Copa Mercosul nos dias 15 e 16 de setembro, com Rivera, no Uruguai, nos dias 7 e 8 de outubro, decidindo mais três nomes para a grande final que acontece em dezembro em Curitiba (PR).

Na Capital da República Argentina, os Brutos correm como convidados da Top Race, um dos principais campeonatos multimarcas do país, que reúne um dos grids mais estrelados do país, com nomes como Agustín Canapino, os irmãos Bebu e Franco Girolami, Matias Rossi e Josito Di Palma, entre outros. A expectativa é de casa cheia para a que vem sendo chamada de “Corrida do Ano” na Argentina.

Foto: Rodrigo Aguiar Ruiz

“Todo mundo está bastante ansioso para essas duas etapas foras do Brasil. O público de Buenos Aires é fanático e a pista é muito legal, apesar de não ter pilotado neste traçado. Sei que teremos casa cheia, como das outras vezes que viemos, e será muito importante para o crescimento da Copa Truck. Esses eventos internacionais trazem um astral diferente”, conta Felipe Giaffone, atual Campeão das Copas, vencedor da Copa Centro Oeste e piloto de renome internacional, com participação (e vitória) na Fórmula Indy.

Outro que já sentiu o gostinho da glória, só que em solo argentino, é Giuliano Losacco, que, assim como Giaffone, é um dos que já têm vaga assegurada na Grande Final, marcada para 2 de dezembro em Curitiba. “Corri lá entre 2005 e 2007 de Stock Car. Ganhei a primeira corrida realizada pela Stock em Buenos Aires e foi uma época muito legal, pois foi uma vitória importante para meu bicampeonato na ocasião. Espero poder vencer também a primeira corrida da Copa Truck na Argentina, o que seria uma marca espetacular”, comenta Giuliano.

Única mulher da categoria, Débora Rodrigues não é uma desconhecida do lendário Autódromo José Y Oscar Gálvez, que recebeu a F1 nas décadas de 50 a 90. “Todas as vezes que corri aqui eu fiquei maravilhada com a paixão e o carinho do público pelas corridas e, principalmente, pelos caminhões. Sei que dessa vez não será diferente e vamos nos dedicar para proporcionar um grande espetáculo para todo mundo”, destaca.

Sobre a competição em si, todo mundo mantém a empolgação em alta, uma vez que, por ser uma nova Copa, todos partem do zero e em iguais condições. “O traçado que vamos utilizar no Autódromo Oscar Y Juan Galvez é bastante rápido e pode confirmar a força do nosso motor para voltar a vencer”, acredita Wellington Cirino, campeão da Copa Sul. “Depois que vencemos pela primeira vez com a nossa nova equipe nós queremos mais e vamos para Buenos Aires com o pensamento fixo no título e na vaga para a final”, completa Danilo Dirani, vencedor das duas corridas mais recentes em Goiânia.

A programação do fim de semana prevê dois treinos livres na sexta e um no sábado antes da tomada de tempos, que será realizada às 17h (horário de Brasília). As duas corridas do domingo terão início às 13h19, com transmissão ao vivo do SporTV 3.

Confira abaixo a lista de inscritos e a programação completa do fim de semana:

Pilotos
#4 – Felipe Giaffone (Volkswagen)
#7 – Débora Rodrigues (Volkswagen)
#11 – Rodrigo Belinati (Volkswagen)
#30 – Rogerio Castro (Volkswagen)
#13 – Witold Ramasauskas (MAN)

Publicidade:



#72 – Renato Martins (MAN)
#90 – Giuliano Losacco (Iveco)
#88 – Beto Monteiro (Iveco)
#99 – Luiz Lopes (Iveco)
#15 – Roberval Andrade (Scania)
#5 – Adalberto Jardim (Ford)
#27 – Fábio Fogaça (Ford)
#83 – Regis Boessio (Volvo)
#47 – Duda Bana (Volvo)
#6 – Wellington Cirino (Mercedes)
#77 – André Marques (Mercedes)
#28 – Danilo Dirani (Mercedes)
#29 – Pedro Paulo (Mercedes)
A definir – (Mercedes)

Horários
Sexta-feira, 14 de setembro
11h30 – 12h10: Treino Livre 1
13h50 – 14h30: Treino Livre 2

Sábado, 15 de setembro
13h20 – 14h20: Treino Livre 3
17h00 – 18h00: Classificação

Domingo, 16 de setembro
9h30 – 9h45: Warm Up
10h50 – 11h20: Desafio dos Brutos e Desfile dos Pilotos
13h19: Largada da corrida 1
13h55: Largada da corrida 2

Comentarios