Tag: Argentina

Mercedes-Benz lidera as vendas de caminhões na Argentina

Mercedes-Benz lidera as vendas de caminhões na Argentina

Notícias
· Em março, depois de 18 anos, a Mercedes-Benz Argentina assumiu a liderança de vendas em todos os segmentos de caminhões · Nos semipesados e pesados, a participação foi de 23,6% no mercado argentino, enquanto em leves e médios, o market share atingiu 40,5% · A Mercedes-Benz do Brasil duplicou as exportações para a Argentina no último mês de março, saltando de 347 para 714 caminhões entre fevereiro e março A Mercedes-Benz Argentina, com o emplacamento de 410 unidades em março, alcançou o primeiro lugar em vendas de caminhões no País. Esta é uma conquista muito especial para a Empresa, que, após 18 anos, conquistou a liderança em todos os segmentos de caminhões. Em semipesados e pesados, foram emplacados 282 caminhões da marca na Argentina em março, o que resultou na liderança com 23,
Já imaginou dirigir um Mini Scania?

Já imaginou dirigir um Mini Scania?

Notícias
Empresa argentina produziu um Scania 112 com a metade do tamanho comum Normalmente caminhões da Scania são tão grandes que é possível observa-los de longe nas estradas. Bem… Não nesse caso. Uma empresa argentina de transportes chama Expresso Escobar produziu uma miniatura exatamente igual de um Scania 112, com tudo o que o caminhão possui proporcionalmente reduzido pela metade. E sabe o melhor de tudo isso? Esse caminhão funciona! Não temos muitas informações sobre o mini-Scania que circula pelas ruas de Buenos Aires, apenas que ele é equipado com um motor diesel Peugeot 504 e conta até com terceiro eixo. A paixão por caminhão definitivamente não tem tamanho Veja os vídeos desse caminhão: Fonte: PLANETA CAMINHÕES
Iveco lidera o mercado de caminhões na Argentina pelo 6º ano

Iveco lidera o mercado de caminhões na Argentina pelo 6º ano

Notícias
No final de 2015 a marca renovou a oferta de produtos no país, apresentando a linha Ecoline, que atende à norma de emissões Euro V Com mais de 46 anos de atuação e destaque na Argentina, para os setores de caminhões e comerciais leves, a Iveco encerrou o ano de 2015 na liderança de mercado no país pela sexta vez consecutiva.  Nos Semipesados, a montadora atingiu a porcentagem anual de vendas de 36% com os modelos Tector e Tector Attack; para os Pesados e Extrapesados, acumulou 26% entre todas as negociações, colocando as linhas Stralis e Cursor em destaque. Além disso, o sucesso da Iveco se estendeu para o segmento com potência superior a 340 CV, totalizando 32% de participação. Para Sebastián Rodríguez Macías, diretor comercial da Iveco para Argentina, os resultados mostram a força e
Iveco lança linha Euro 5 na Argentina

Iveco lança linha Euro 5 na Argentina

Notícias
Marca diversifica produtos para manter liderança de seis anos no país A Iveco apresentou na Argentina sua nova linha de caminhões Ecoline Euro 5, que começa a ser vendida no partir de janeiro de 2016 para atender a legislação de emissões local que só agora, com dois anos de atraso em relação ao que estava previsto, vai se equiparar à norma já adotada no Brasil desde 2012. Contudo, ao contrário do que aconteceu no mercado brasileiro, quando a pré-compra de veículos Euro 3 mais baratos gerou recorde de vendas em 2011 e um buraco no ano seguinte, para os argentinos a situação parece mais calma, pois até o momento não houve grande corrida às compras e 2015 deverá fechar perto de 26 mil unidades vendidas, ainda bastante longe do recorde de 35 mil em 2013. “Com os aumentos de preço que a n
Volkswagen mostra linha Euro 5 na Argentina

Volkswagen mostra linha Euro 5 na Argentina

Notícias
País vizinho receberá veículos com tecnologias SCR e EGR Os veículos Volkswagen Euro 5 serão vendidos também na Argentina a partir de 2016. Para cumprir as exigências da legislação local, que entra em vigor quatro anos depois da adoção no Brasil, a montadora vai oferecer os dois sistemas de pós-tratamento de emissões: SCR (do inglês Selective Catalyst Reduction, ou Redução Catalítica Seletiva) e EGR (de Exhaust Gas Recirculation, Recirculação de Gases de Exaustão). A segunda opção dispensa o uso do aditivo Arla 32 e garante melhor aproveitamento do espaço do chassi por não exigir a instalação de tanque adicional e não interferir no encarroçamento do veículo. Os dois sistemas (SCR e EGR) permitem reduzir significativamente as emissões de poluentes para os veículos com motores a diesel