Autor: Chico Da Boleia

Novo marco regulatório aumenta pontos necessários para suspender habilitação de motorista profissional

Novo marco regulatório aumenta pontos necessários para suspender habilitação de motorista profissional

Notícias
Entre outras medidas, o texto aprovado também aumenta as penas para roubo de cargas e receptação O novo marco regulatório do transporte de cargas no Brasil, aprovado pela Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (20), também altera penalidades previstas no Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97). O substitutivoao Projeto de Lei 4860/16 aumenta a quantidade de pontos acumulados na habilitação para que o motorista seja punido com a suspensão do direito de dirigir. Enquanto na versão aprovada na comissão especial o aumento era para motoristas profissionais de habilitações C, D e E, o substitutivo de Nelson Marquezelli (PTB-SP) estende a regra para todo o condutor que exerça atividade remunerada em veículo no exercício da profissão. Isso incluiria, por exemplo, taxistas, mo
Texto aprovado prevê cassação do registro de posto que vender combustível adulterado

Texto aprovado prevê cassação do registro de posto que vender combustível adulterado

Notícias
Para coibir a venda de combustível adulterado, o marco regulatório do transporte de cargas aprovado pela Câmara dos Deputados (PL 4860/16) prevê a cassação do CNPJ de posto que revender os derivados de petróleo em desconformidade com as especificações do órgão regulador. De igual maneira, a cassação do CNPJ valerá para casos de fraude em postos de combustíveis que usem dispositivo mecânico ou eletrônico para controlar a bomba e fornecer combustível em volume menor que o indicado no medidor. Após a cassação, o estabelecimento não poderá requerer nova inscrição no mesmo ramo de atividade por cinco anos. Os sócios também estarão impedidos de atuar no ramo por cinco anos. Em relação ao substitutivo aprovado na comissão especial, o relator do projeto, deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP),
Proposta também aumenta valor pago ao transportador por espera de mais de 5 horas

Proposta também aumenta valor pago ao transportador por espera de mais de 5 horas

Notícias
O texto aprovado pela Câmara dos Deputados do novo marco regulatório dos transportes (Projeto de Lei 4860/16) também aumenta o pagamento devido ao transportador por espera adicional pela carga ou descarga após o prazo de cinco horas. Esse valor passa de R$ 1,38 para R$ 1,61 por tonelada/hora ou fração. No cálculo desse valor total, deverá ser considerada a capacidade total de transporte do veículo. Prazo reduzido poderá ser ajustado entre as partes no caso de bem perecível ou mercadoria com validade expirando ou produto perigoso. Normalmente, os serviços de colocar e retirar a carga são de responsabilidade do embarcador. As exceções são para transporte de mudanças, de veículos automotores, cargas especiais e produtos líquidos ou a granel, quando o motorista deve ser treinado para essas
BATERIA DE CAMINHÕES: 6 FATORES QUE INTERFEREM NA DURABILIDADE

BATERIA DE CAMINHÕES: 6 FATORES QUE INTERFEREM NA DURABILIDADE

Notícias, Oficina do Chico
Na solidão da cabine, rodando pelas estradas do país, é comum usar aparelhos eletrônicos para tornar as viagens mais confortáveis. Porém, juntos, aos equipamentos elétricos de fábrica acabam consumindo muita energia. Assim, é importante saber o que interfere na durabilidade de uma bateria de caminhões para redobrar os cuidados e não ficar na mão. Afinal, uma das situações mais desagradáveis para um caminhoneiro é não conseguir dar a partida no seu “bruto” porque uma bateria, também chamada de acumulador, descarregou ou chegou ao fim da vida útil. Fora o transtorno de encontrar um autoelétrico para checar o sistema e trocá-la, o tempo perdido parado pode fazer a diferença para conseguir cumprir os prazos do frete. Portanto, siga com a leitura para aprender um pouco mais sobre esse item
Volvo lança “Clube Volvo” para motoristas de caminhão e ônibus do Brasil

Volvo lança “Clube Volvo” para motoristas de caminhão e ônibus do Brasil

Notícias
A Volvo está lançando o Clube Volvo, um programa de relacionamento com os motoristas de caminhões e ônibus Volvo no Brasil. Tendo uma série de atividades de interação com a categoria, o programa é dirigido para os condutores que têm uma forte relação com a marca. “Queremos estar cada vez mais próximos e conectados com os motoristas”, diz Daniel Homem de Mello, diretor de marketing da Volvo no Brasil. Chamado “Clube Volvo”, o programa se baseia no relacionamento do motorista com a Volvo e na passagem dele pelas concessionárias da marca. “É a continuidade da interação que já temos com toda a categoria nas redes sociais”, observa o diretor. Entre as inúmeras atividades, o motorista poderá avaliar os serviços oferecidos pela marca na rede de concessionárias.Na avaliação, o motorista escolh
Grupo Traton será o nome da Volkswagen Truck & Bus

Grupo Traton será o nome da Volkswagen Truck & Bus

Notícias
Até o terceiro trimestre de 2018, a Volkswagen Truck & Bus, subsidiária que abriga as marcas de veículos comerciais do Grupo Volkswagen, passará a ser chamada de Grupo Traton. O anúncio para a diretoria da organização ocorreu na quarta-feira, 20, em Munique, na Alemanha, cidade-sede da companhia. O movimento ocorre pouco mais de um mês depois de a empresa anunciar decisão de, em breve, se tornar uma companhia de sociedade anônima com a abertura de seu capital. Segundo comunicado, as marcas MAN, Scania, Volkswagen Caminhões e Ônibus e Rio seguem com identidades próprias sob o chapéu o Grupo Traton. “A Traton nos oferece mais independência. Ela vai fortalecer ainda mais a identidade conjunta do nosso grupo – bem como os aspectos que nos tornam únicos”, diz em nota Andreas Renschler,
Goldman e Soros apostam em Uber para caminhoneiros brasileiros

Goldman e Soros apostam em Uber para caminhoneiros brasileiros

Notícias
Para o empreendedor Federico Vega, o sistema antiquado e ineficiente do transporte tradicional de carga era uma fruta madura e fácil de agarrar Os caminhoneiros brasileiros ainda conseguem muito trabalho a partir de cartazes escritos à mão. Para Federico Vega, esse sistema antiquado e ineficiente era uma fruta madura e fácil de agarrar. Em viagem de bicicleta da Patagônia ao Brasil, o argentino encontrou caminhoneiros que reclamavam de passar a maior parte do tempo procurando fretes, de receber baixa remuneração e de lidar com empresas de transporte desorganizadas que às vezes não honravam os pagamentos. Por isso, Vega criou a CargoX, uma empresa estilo Uber que conecta os caminhoneiros com as empresas que precisam dos serviços deles. A firma também garante o pagamento e melhora a log
Preços da soja voltam a subir nos portos do BR, mas mercado segue travado pelos fretes

Preços da soja voltam a subir nos portos do BR, mas mercado segue travado pelos fretes

Notícias
Os preços da soja nos portos do Brasil testaram patamares melhores nesta quarta-feira (20) nos portos e interior do país pegando uma carona na alta de mais de 1% do dólar frente ao real. Os prêmios mais altos também ajudam a compensar as cotações mais baixas no mercado internacional. Em Rio Grande, a soja disponível subiu 3,46% e foi a R$ 83,80 por saca e 3,68% na referência julho/18 para R$ 84,50. Em Paranaguá, apenas a soja disponível fechou em alta, subindo 1,22% para R$ 83,00. Enquanto isso,no terminal paranaense, queda de 1,82% para R$ 81,00 no março/19. No interior, as altas chegaram a 5,88%, como foi o caso de Brasília, onde o último indicativo ficou em R$ 72,00 por saca, mas bons ganhos foram observados também em praças da região Sul do Brasil, como as do Paraná, onde as referê
ANTT abre consulta pública para discutir tabela de preços

ANTT abre consulta pública para discutir tabela de preços

Notícias
Embora as discussões ainda estejam em curso e o impasse continue em torno do tabelamento do frete rodoviário, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) decidiu abrir um processo de consulta pública para discutir a elaboração de uma nova tabela com preços mínimos para o serviço no País. O aviso está publicado no Diário Oficial da União (DOU) e a consulta se dará na forma de "tomada de subsídio" para o aprimoramento da metodologia e os parâmetros que deverão ser adotados na tabela, prevista na Medida Provisória 832/2018, que instituiu a Política de Preços Mínimos de Frete, dentro do acordo firmado com caminhoneiros para pôr fim à greve de 11 dias realizada pela categoria em maio. A ANTT divulgou uma tabela com preços mínimos no dia 30 de maio, como prevê a MP 832. No entanto, o
Fux dá uma semana para que entidades cheguem a consenso sobre frete

Fux dá uma semana para que entidades cheguem a consenso sobre frete

Notícias
Até lá, está mantida decisão de suspender processos e efeitos de liminares que questionem a tabela Na Agência Brasil:  Fux dá uma semana para que entidades cheguem a consenso sobre frete. “Vamos tentar uma solução consensual para evitar uma nova paralisação do país. As partes demonstraram boa vontade”, declarou Fux ao final do encontro. O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), realizou no dia (20) uma audiência sobre a tabela de preços mínimos para o frete rodoviário no Brasil, medida que é contestada na Corte. Ele deu um prazo até a próxima quinta-feira (28) para que representantes dos caminhoneiros, da indústria e do agronegócio cheguem a um consenso sobre o custo do transporte. “Todos entenderam que o Brasil não pode mais passar pelos momentos que passou. Então cada