CAMINHONEIROS PROTESTAM CONTRA FALTA DE POLICIAMENTO EM RODOVIA DE GOIÁS

O roubo de cargas, em Goiás, está assustando caminhoneiros, que fizeram um protesto neste sábado (16). Os bandidos têm ficado de olho em um tipo bem específico de carregamento.
Em um grupo quase todo mundo tem uma história parecida. Nos últimos meses, eles foram vítimas de assaltantes na rodovia estadual GO-070, que liga Goiânia ao norte do estado.
Um caminhoneiro transporta gado há 13 anos e diz que nunca trabalhou tão apreensivo quanto agora.
“Você fica com medo às vezes de perder seu caminhão ou de te matarem ali”, revela.
Os caminhoneiros reclamam que não há policiamento na região. Neste sábado (16), eles protestaram fechando a rodovia. Atravessaram caminhões nos dois lados da pista e ninguém mais conseguiu passar. Só mesmo uma ambulância. Depois de uma hora, a rodovia foi liberada com a chegada da Polícia Militar.
O gado virou mercadoria de luxo. O preço da arroba é o maior dos últimos 20 anos. Chegou a quase R$ 150. É por isso que quem trabalha neste tipo de transporte acabou virando alvo dos bandidos.

Para tentar evitar mais prejuízos, o grupo criou uma estratégia.

“Hoje nós temos que viajar só em comboio porque senão a carga é roubada. Eu mesmo, semana passada tive prejuízo de R$ 60 mil. Nem sei como vou pagar o gado que roubaram da minha carreta”, diz um caminhoneiro.
A Polícia Civil não tem uma estatística sobre o roubo de gado em Goiás, mas as investigações apontam que os animais roubados vão parar em abatedouros clandestinos. Já a Polícia Militar diz que faz o patrulhamento.
“Não digo que está faltando polícia. O serviço está sendo feito, mas a demanda é muito grande”, afirma o sargento da PM, Gomes de Moraes.
A Delegacia de Crimes Rurais de Goiás declarou que prendeu uma quadrilha que agia nesta região mostrada na reportagem.
FONTE: Jornal Nacional  / Camimnhões e Carretas

Comentarios