Por enquanto, a novidade está restrita aos EUA e está cadastrando profissionais autônomos, bem como pequenas transportadoras que querem uma solução mais adequada para trabalhar pelo país.

Publicidade:

Consorcio DAF

Diferente do que acontece no transporte de passageiros, entretanto, o Freight não vai cobrar taxas dos motoristas sobre as cargas. Ou seja, o caminhoneiro recebe exatamente o valor que viu no app quando aceitou o frete. Além disso, o pagamento cai na conta do profissional em até sete dias, em vez dos 30 ou 90 dias praticados atualmente nos EUA, segundo a própria Uber.

É interessante notar ainda que esse novo app não tem nenhum tipo de caminhão autônomo em operação, apesar de a desenvolvedora estar trabalhando na criação de um serviço do tipo. Também não há qualquer dado oficial sobre a expansão do Uber Freight para outras partes do mundo.