SEST SENAT oferece cursos para quem deseja trabalhar como motorista profissional

Os cursos especializados têm duração de 50 horas/aula e, a cada cinco anos, é obrigatória a realização do curso de atualização. (Foto: divulgação/SEST SENAT)

SEST SENAT oferece cursos para quem deseja trabalhar como motorista profissional

Formação especializada é exigida, segundo Resolução 789/2020 do Contran

Quem quer trabalhar como motorista de ônibus, de veículos de emergência, de transporte de escolares, de transporte de produtos perigosos e de cargas indivisíveis ou como mototaxista e motofretista precisa realizar cursos de formação especializada. Isso porque essas são atividades que exigem dos condutores conhecimentos específicos e o desenvolvimento de habilidades que garantam a operação correta e segura.

A exigência dos cursos está prevista na resolução 789/2020 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), que estabelece, entre outras coisas, as normas e os procedimentos para a formação especializada de motoristas. Ela substituiu a resolução 168/2004.

O SEST SENAT (Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte) oferece os cursos especializados e suas atualizações. Os cursos especializados têm duração de 50 horas/aula e, a cada cinco anos, é obrigatória a realização do curso de atualização, que tem 16 horas/aula. Os condutores aprovados no curso especializado e os que realizarem a atualização exigida terão os dados correspondentes registrados em seu cadastro pelo órgão de trânsito do estado ou do Distrito Federal, informando-os no campo “Observações” da Carteira Nacional de Habilitação.

Para trabalhadores de empresas de transporte com o cadastro em dia no SEST SENAT os cursos são 100% gratuitos. A instituição atua, há mais de 25 anos, na formação de profissionais para o transporte.

Neste link você confere quais são os cursos regulamentados pela resolução 789 do Contran que são oferecidos pelas unidades do SEST SENAT. Atenção: os requisitos para matrícula podem variar em razão de legislações específicas e em cada Unidade da Federação.

Saiba mais acessando https://www.sestsenat.org.br/home

Comentarios