Preço dos combustíveis nas bombas apresenta estabilidade na última semana de novembro

A pesquisa revela que o preço médio do diesel comum, no período de 21 a 27 de novembro, variou de R$ 5,10, no Paraná, a R$ 6,49, no Acre. (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

Preço dos combustíveis nas bombas apresenta estabilidade na última semana de novembro

Dados da ANP revelam que postos não realizaram aumentos significativos nos valores da gasolina e do diesel

Redação Chico da Boleia

A última semana de novembro foi marcada pela estabilidade no preço dos combustíveis nos postos avaliados pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). De acordo com o órgão, não houve aumento significativo no valor cobrado nas bombas pelo litro do diesel e da gasolina.

É a primeira vez, nos últimos meses, que não há registro de reajuste para os consumidores. Entretanto, os brasileiros seguem pagando caro pelos combustíveis.

A pesquisa revela que o preço médio do diesel comum, no período de 21 a 27 de novembro, variou de R$ 5,10, no Paraná, a R$ 6,49, no Acre. Já o valor máximo cobrado pelo litro desse combustível foi de R$ 6,70, no município de Cruzeiro do Sul, no Acre.

Em relação ao diesel S10, o preço médio avaliado na última semana variou de R$ 5,18, no Espírito Santo, a R$ 6,18, no Acre – estado que tem registrado altos preços pelos combustíveis em seus postos nas últimas pesquisas feita pela Redação do Chico da Boleia.

Ainda de acordo com a ANP, os consumidores pagaram, em média, pelo litro da gasolina comum, entre R$ 5,97, no Amapá, e R$ 7,25 no Rio de Janeiro e em Goiás. O valor máximo do combustível chegou a R$ 7,90, também no Rio de Janeiro, na cidade de Valença.

Quando avaliada por região, a gasolina aditivada registrou os seguintes valores (por litro): Centro-Oeste – R$ 7,08; Nordeste – R$ 6,89; Norte – R$ 6,88; Sudeste – R$ 6,86; e Sul – R$ 6,91.

Detalhes dos preços dos combustíveis por município podem ser verificados aqui.

Comentarios