O diesel subiu! Confira dez dicas para economizar o combustível

Medidas são de fácil aplicação. Para as mais complicadas, caminhoneiro conta com o auxílio da tecnologia

A Petrobras informou que, por causa do fim do subsídio do diesel, programado para acabar no último dia de 2018, a estatal decidiu elevar o preço do combustível em 2,5% a partir da terça-feira, dia de 1º janeiro. O preço médio nacional de comercialização deste combustível em suas refinarias e terminais passará a ser de R$ 1,8545 por litro, o que corresponde a cerca da metade do valor cobrado nos postos.

Esse aumento estimula os motoristas a encontrarem estratégias para economizar ao máximo o combustível. Entre as dicas abaixo, algumas resultam em economia de até 20%. A maior parte delas é de aplicação muito fácil, com resultados imediatos. Para algumas mais sofisticadas, o motorista conta com o auxílio luxuoso da tecnologia.

1. RESPEITE OS LIMITES DE PESO

Os caminhões são desenvolvidos para transportar determinada quantidade de toneladas. Qualquer coisa além disso traz dois resultados práticos: maior consumo de combustível e aumento no risco à segurança de condutores e passageiros.

2. QUE 80 KM/H SEJA O LIMITE

Rodar a até 80 km/h faz com que a economia de combustível chegue a até 10%. Geralmente, os veículos são desenvolvidos para apresentar o melhor consumo numa faixa que vai de 40 km/h a 80 km/h. Acima dos 88 km/h, o consumo de diesel aumenta 1% a cada quilômetro mais rápido.

3 – ESCOLHA BEM OS POSTOS

Como o objetivo é economizar, um ingrediente importante na hora de escolher o posto deve ser o preço do combustível, que apresenta grandes diferenças entre redes de distribuição. Mas esse não deve ser o único critério. Diesel barato, mas ruim, pode causar muito mais prejuízos. E como saber se o combustível é bom? Além da opinião dos colegas de estrada, é possível pesquisar no aplicativo Posto Fiel http://postofiel.com.br/#/ , lançado pela Unesp.

4 – CALIBRE OS PNEUS

Essa medida simples é uma das mais eficazes na hora de economizar combustível. A poupança pode chegar a até 20%. Feita antes de cada viagem – ou ao menos uma vez por semana -, a calibragem estica a vida útil dos pneus e aumenta a segurança na estrada.

5 – CHEQUE PERIODICAMENTE O ALINHAMENTO

Desprezar esse item resulta em prejuízo dobrado. Primeiro porque eixos e rodas aumentam o consumo de combustível. Segundo porque reduz consideravelmente a vida útil dos pneus.

Publicidade:

anuncio

6 – PLANEJE A ROTA

Antes de iniciar qualquer viagem, passe um tempo estudando o melhor caminho em aplicativos de rotas (o Waze é o mais famoso deles). Além de indicar o caminho mais rápido (não necessariamente o mais curto), eles ajudam a encontrar postos de combustíveis, polícia e outros usuários. Outra pesquisa, um pouco mais trabalhosa, é procurar pelas estradas mais seguras e que registram menos acidentes. Mas, sabendo o caminho sugerido pelo aplicativo, é possível pesquisar tudo na internet.

7 – TROQUE DE MARCHA NA HORA CERTA

Trocar de marcha no momento ideal evita acelerações desnecessárias ou a perda de velocidade. Ou seja, mais desempenho com um gasto menor de combustível.

8 – TIRE PROVEITO DO VÁCUO

Andar a 70 metros de distância do caminhão à sua frente pode render até 5% de consumo de combustível. Melhor, a esta distância você não coloca em risco a segurança (isso, claro, se estiver praticando a dica 2) de ambos.

9 – JAMAIS PRATIQUE A BANGUELA

Existe o preconceito que associa descer com o caminhão desligado ou desengrenado (banguela) à economia de combustível. O correto é, quando entrar no declive, tirar o pé do acelerador e manter o caminhão engrenado. Desta forma, o veículo não gasta combustível, e o condutor tem a vantagem de contar com freio-motor caso seja necessário.

10 – NÃO ALTERE SEU CAMINHÃO

Às vezes, a vontade de dar um toque pessoal ao caminhão resulta em aumento de combustível. A chamada “customização” pode alterar a aptidão do veículo para executar suas tarefas. Para dar uma ideia, uma simples troca de faróis pode provocar um aumento de até 2% no consumo de diesel.

fonte: Canal Rural

Comentarios