Mercedes-Benz realiza Circuito Ceasa 2019 com caminhões Accelo e Atego.

Test Drive será realizado até o mês de agosto, começando pela unidade do Espírito Santo, em Cariacica

A Mercedes-Benz está iniciando mais uma temporada do Circuito Ceasa, ação de demonstração de caminhões para motoristas, operadores e transportadores da Ceasa – Centrais de Abastecimento. Este ano, serão realizadas 16 etapas até o mês de agosto. A primeira será na unidade de Cariacica, na Região Metropolitana de Vitória, Espírito Santo.

As principais atrações do Circuito Ceasa deste ano serão os modelos médio Accelo 1316 6×2 e o semipesado Atego 3030 8×2 para test-drive. Assim, os motoristas podem testar o desempenho e as tecnologias dos caminhões, como o câmbio automatizado, que assegura mais conforto de dirigibilidade, além do menor consumo de combustível.

“Nessa ação, queremos que os motoristas se sintam familiarizados com as soluções de transporte que oferecemos a eles”, afirma Ari de Carvalho, diretor de Vendas e Marketing Caminhões da Mercedes-Benz do Brasil. “Nosso portfólio tem caminhões tanto para quem busca produções no campo, nas cooperativas e nos centros de distribuição, como para quem leva os produtos da Ceasa aos diversos pontos de venda nas cidades, seja o autônomo ou o frotista“.

Accelo 

Um dos principais diferenciais do Accelo é o câmbio totalmente automatizado, sem pedal de embreagem, o que resulta em maior conforto. E mais, esse câmbio otimiza a troca de marchas, melhorando o desempenho e a economia no consumo de diesel. Essa é uma solução perfeita para caminhões que circulam no intenso tráfego urbano, onde as trocas de marchas são constantes.

Outros destaques da linha Accelo são: cabina estendida (+180 mm), que oferece melhor ergonomia e mais espaço para os ocupantes e para a acomodação de objetos, e o tanque adicional de combustível de 150 litros, o que eleva para 300 litros a capacidade total do Accelo, resultando na maior autonomia do segmento.

Atego 

Publicidade:

anuncio

O Atego é o sucessor de caminhões tradicionais da marca que fizeram história no Brasil nas unidades da Ceasa, como o L 1620 e depois o Atron, e que conquistaram a admiração dos transportadores e motoristas de todo o Brasil por serem “pau pra toda obra”, do campo à estrada e até às cidades.

No desenvolvimento do Atego, a Mercedes-Benz não só preservou a força, robustez e resistência de seus clássicos caminhões médios e semipesados, como agregou mais conforto, tecnologia, economia e mais capacidade de carga, uma tonelada a mais, conforme o modelo e sua configuração.

Com várias configurações à escolha do cliente, a linha Atego também tem muitos destaques a oferecer. Entre eles, estão: Pacote Robustez, câmbio totalmente automatizado, climatizador, piloto automático com foco em menor consumo, sistema de distribuição da força de frenagem e controle de tração, entre outros.

Peças e serviços ganham destaque no Circuito Ceasa 2019

Durante as etapas do Circuito Ceasa, os visitantes conhecerão também o amplo leque de peças e serviços disponíveis aos operadores da Ceasa, como para os demais clientes da marca. Entre eles: três linhas de peças (genuínas, remanufaturadas e Alliance), planos de manutenção, sistema de gestão de frota e rastreamento Fleetboard, financiamentos do Banco Mercedes-Benz, planos do Consórcio Mercedes-Benz e ofertas da unidade de seminovos SelecTrucks.

Além disso, os motoristas que forem até o estande serão convidados a se tornar membros do MercedesClub, o Programa de Fidelidade e Recompensas, que permite acumular pontuações conforme as compras de peças e serviços nos Concessionários Mercedes-Benz e de acordo com o relacionamento e a preferência do cliente pela marca.

16 etapas até agosto

Após a etapa inicial de Cariacica (ES), o Circuito Ceasa passará por mais 15 unidades da Ceasa: Recife/PE (de 26 a 28.03), Natal/RN (03 a 05.04) e Fortaleza/CE (10 a 12.04). Na sequência, em datas a serem confirmadas, vêm as etapas de São Luís/MA, Juazeiro/BA, Brasília/DF, Anápolis/GO, Goiânia/GO, Contagem/MG, Uberlândia/MG, Ribeirão Preto/SP, Campo Grande/MS, Maringá/PR, Florianópolis/SC e Porto Alegre/RS.

Comentarios