Mercedes-Benz inova e lança chassi de ônibus elétrico

o eO500u é o primeiro chassi de ônibus elétrico, veículo urbano, 100% desenvolvido pela equipe de engenharia brasileira. (Foto: reprodução/Mercedes-Bens

Mercedes-Benz inova e lança chassi de ônibus elétrico

A ideia é garantir que a tecnologia investida proporcione qualidade e segurança aos clientes, pensando ainda nos impactos ao meio ambiente e na mobilidade urbana

Redação Chico da Boleia

Na manhã da última quarta-feira (25), em um evento online, a Mercedes-Benz lançou uma nova da linha de chassis elétricos para o segmento de ônibus, registrando um marco para a empresa que, há 65 anos, faz história no mercado nacional.

Com produção na fábrica em São Bernardo do Campo (SP), o eO500u é o primeiro chassi de ônibus elétrico, veículo urbano, 100% desenvolvido pela equipe de engenharia brasileira, com foco na realidade da mobilidade e do transporte de passageiros.

– Nossa decisão estratégica de apresentar uma solução em eletromobilidade primeiramente em ônibus, mais especificamente no segmento urbano, foi pensando no coletivo e no cenário das cidades. Nós temos experiência de 65 anos no Brasil, sempre oferecendo novas tecnologias para o transporte e, agora, de encontro às demandas dos nossos clientes e da sociedade, acrescentaremos ao nosso universo de multissoluções a tecnologia elétrica – diz Karl Deppen, presidente da Mercedes-Benz do Brasil & CEO América Latina.

O chassi elétrico coloca a empresa em uma nova era, definindo seu posicionamento estratégico diante do cenário atual, cuja a inovação, tecnologia e sustentabilidade são essenciais para a empresa e seu futuro dentro da mobilidade urbana.

O chassi eO500U é um modelo Padron 4×2 da consagrada linha O 500. Com piso baixo, poderá receber carroçarias de até 13,2 metros de comprimento. Sua autonomia chegará a 250 km, a maior entre ônibus elétricos no Brasil, além da maior capacidade de transporte de passageiros deste segmento.

Com motor elétrico integrado ao eixo traseiro, o eO500U virá equipado com freio eletrônico EBS e sistema de regeneração de energia. O trem-de-força trará para o motorista uma experiência nova de condução, ainda mais suave, confortável, além de totalmente silenciosa.

O sistema de recarga das baterias é do tipo plug-in, no mesmo padrão tecnológico utilizado pela Daimler em seus ônibus elétricos, levando até três horas de duração para a recarga completa.

O painel de instrumentos é totalmente novo para se adequar às novas necessidades de controle e traz informações específicas do motor elétrico, das baterias e dos demais sistemas eletrônicos.

O produto foi desenvolvido para a realidade brasileira, garantindo assim as adaptações necessárias para o mercado nacional e dos clientes, podendo custar entre três e quatro vezes mais que um similar a diesel.

Questionados sobre a manutenção dos veículos, os representantes da empresa destacam que esses veículos raramente frequentam os concessionários e, caso seja necessário, a Mercedes vai até o operador para prestar os serviços. Tanto os concessionários quando operadores recebem treinamentos e, essa capacitação, é fundamental para que tirem o maior proveito da máquina, garantindo assim mais funcionalidade e economia.

Para saber mais clique aqui.

Comentarios