Instituto Hercílio Randon cria módulo de tração para carretas que recupera energia durante a frenagem, gerando menos impacto no meio ambiente

Mecanismo gera menos desgaste dos componentes do veículo e redução na emissão de resíduos de gases de efeito estufa no meio ambiente. (Foto: reprodução/IHR)

Instituto Hercílio Randon cria módulo de tração para carretas que recupera energia durante a frenagem, gerando menos impacto no meio ambiente

Sistema também possibilita economia de até 25% de combustível e menor desgaste dos componentes do veículo

Em tempos de combustível caro e de preocupantes números em torno do aquecimento global, o Instituto Hercílio Randon – sem fins lucrativos e único centro de pesquisas das Empresas Randon, em Caxias do Sul, RS- traz ao mercado uma solução em tecnologia que promete ajudar o meio ambiente e o bolso.

Trata-se do sistema E-Sys, o primeiro módulo de tração auxiliar com motor elétrico para carretas da América Latina, que permite a recuperação de energia gerada durante a frenagem e descidas, capacitando a carreta a ajudar o caminhão a transpor aclives de forma segura e eficaz.

Esta solução, criada pelo IHR e pela Suspensys (empresa patrocinadora), possibilita que o sistema gere uma economia de combustível que pode chegar a 25%, pois ao utilizar a energia cinética da rotação das rodas, produz energia elétrica que, ao ser consumida pelo motor, reduz a quantidade utilizada de material fóssil. Este mecanismo gera menos desgaste dos componentes do veículo e redução na emissão de resíduos de gases de efeito estufa no meio ambiente.

Em atuação desde 2014, 60% das pesquisas do Instituto Hercílio Randon já se tornaram produtos ou empresas. Somente em 2021, foram desenvolvidos 42 produtos com foco e potencial de entrarem no mercado.

Para se ter uma ideia da dimensão e importância do IHR, alguns dos projetos do IHR em franca ascensão no mercado são, além do e-Sys, a nanotecnologia aplicada. Todos integram as verticais do conhecimento que o instituto adota para desenvolver suas pesquisas.

Comentarios