Grupo no WhatsApp divulgará ocorrências de roubo de cargas

grupo_whatsapp

A Comissão de Roubo de Cargas esteve reunida, quando ficou ajustada a criação de um grupo no WhatsApp para a divulgação imediata das ocorrências desse tipo de delito. “Diante da necessidade de maior celeridade de comunicação a respeito das ocorrências de roubo de cargas, o grupo deverá ser utilizado exclusivamente para esse fim”, informou o consultor de Segurança do SETCERGS, coronel João Carlos Trindade Lopes.

O coordenador da Comissão, Renato Vitória,ficará encarregado de criar e administrar o grupo, enquanto os participantes poderão sugerir a indicação de novos integrantes.

Durante a reunião realizada na sede do Sindicato, foi examinada a estatística criminal a respeito dos furtos e roubos de cargas. “Houve um considerável incremento nos últimos 45 dias. Talvez na ordem de 25% de aumento”, assinalou o coronel Trindade. Segundo observou, o mesmo impacto atinge as gerenciadoras de risco.

Foram relatadas algumas ocorrências pelos participantes, com importantes prisões realizadas e caminhões recuperados. Na oportunidade, uma empresa gerenciadora de risco apontou com exatidão o local dos cinco últimos acontecimentos. “Agora as instituições policiais vão trabalhar no assunto”, ressaltou o consultor de Segurança.

O encontro contou com a participação de representantes da Brigada Militar (9º BPM, 11º BPM, 15º BPM e 20º BPM), da Polícia Civil (Delegacia de Roubo de Cargas), da Polícia Rodoviária Federal (PRF), do Grupo Apisul e das empresas Kuehne + Nagel e Tubarão Transportes. No final, o coronel Trindade informou quea reunião nacional das comissões de roubo de cargas (sul e sudeste),prevista para 2016, será realizada em Curitiba, e, em 2017, em Porto Alegre.

Por SETCERGS

Comentarios