Governo pode liberar recursos para obras de mobilidade ainda este ano

Governo pode liberar recursos para obras de mobilidade ainda este anoDepois do anúncio do corte de R$ 10 bilhões no orçamento, a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, garantiu que estados e municípios que tiverem projetos adiantados poderão receber recursos do Pacto da Mobilidade Urbana ainda este ano. Nessa terça-feira (23), a ministra esteve reunida com o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, e a Câmara Temática de Mobilidade do Conselho das Cidades para debater os investimentos em mobilidade.

“Quem tiver projeto pronto, que puder licitar mais rapidamente, será mais rapidamente atendido e os recursos estarão disponibilizados ainda este ano”, disse a ministra. Segundo ela, é necessário que as obras sejam tanto de emergência quanto de longo prazo. “Que a gente tenha resultados imediatos para a vida das pessoas, mas também pensar em projetos que são mais estruturantes, mais complexos e que demoram um pouco mais para ficarem prontos”, acrescentou.

O Pacto da Mobilidade Urbana foi proposto pela presidenta Dilma Rousseff no dia 24 de junho, durante reunião com 27 governadores e 26 prefeitos de capitais no Palácio do Planalto. O pacto prevê R$ 50 bilhões a serem disponibilizados para obras de melhoria de mobilidade urbana nos estados e municípios. Os recursos serão disponibilizados por meio de financiamento e Orçamento Geral da União.

Nos últimos dias, a ministra do Planejamento se reuniu com prefeitos e governadores das oito maiores regiões metropolitanas do país. Eles apresentaram propostas de mobilidade urbana que podem ser contempladas pelo pacto. Até a próxima semana, o governo vai se reunir com os municípios com mais de 700 mil habitantes para que eles também apresentem suas propostas de mobilidade.

Com informações do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão

 Ana Rita Gondim

Agência CNT de Notícias

Comentarios