Shadow

Governo Federal institui programa de modernização das rodovias federais

Pelo Inov@BR, serão realizados investimentos em novas sinalizações, em monitoramento das vias, na conectividade (wi-fi e cobertura de celular nas rodovias), dentre outros. (Foto: reprodução)

Governo Federal institui programa de modernização das rodovias federais

Decreto publicado nesta segunda-feira (15) estabelece diretrizes para o programa Inov@BR, com objetivo de melhorar a segurança e a eficiência logística

O Governo Federal instituiu a Política de Modernização da Infraestrutura Federal de Transporte Rodoviário (Inov@BR) e a qualificou no âmbito do Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência (PPI). A política, criada pelo decreto n° 10.648 assinado pelo presidente Jair Bolsonaro na última sexta (12) e publicado no DOU nesta segunda (15), tem por objetivo promover a modernização e garantir a segurança e eficiência logística das rodovias federais, concedidas ou não.

– Este programa vai trazer inovações para nossas rodovias. Vamos levar a segurança viária, a fluidez e a tecnologia como nossos pilares da modernização. Este projeto vai garantir as ferramentas necessárias para melhorar a competitividade, assegurar a qualidade na infraestrutura e promover a segurança de todos – afirmou o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

O programa, voltado para rodovias concedidas e para as administradas pelo Departamento de Infraestrutura de Transportes (DNIT), está em consonância com a Política Nacional de Transportes (PNT) e com o Plano Setorial de Transportes Terrestres (PSTT), coordenados pelo MInfra.

Pelo Inov@BR, serão realizados investimentos em novas sinalizações, em monitoramento das vias, na conectividade (wi-fi e cobertura de celular nas rodovias), na implantação do free flow, além de aprimorar a pesagem veicular e a integração do DNIT e da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). O programa trará a modernização junto com o incentivo para uso da TAG dos pedágios e técnicas sustentáveis para melhorar a qualidade do meio ambiente.

Fonte: Ministério da Infraestrutura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Resolva o problema * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.