Governo Federal conclui duplicação da BR-163/364 no Mato Grosso

A duplicação completa vai facilitar o escoamento da produção até os portos do sul do país. (Foto: reprodução/Dnit)

Governo Federal conclui duplicação da BR-163/364 no Mato Grosso

A duplicação dos 168 quilômetros da estrada vai dar mais segurança ao tráfego e agilidade ao trânsito, além de trazer mais competitividade para o agronegócio

Importante rota do agronegócio no Mato Grosso, a BR-163/364/MT, entre Cuiabá e Rondonópolis, teve a conclusão de 168 quilômetros de duplicação celebrada na última sexta-feira (20). A duplicação amplia a segurança dos motoristas, dá mais agilidade ao transporte de cargas na região e aumenta a competitividade do agronegócio matogrossense.

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, e o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), general Santos Filho, participaram da entrega do último segmento que restava ser finalizado junto ao perímetro urbano de Cuiabá.

O ministro destacou a importância da produção de grãos do Mato Grosso. “Esse estado merece a nossa consideração, merece logística”, disse. E comemorou a duplicação da rodovia. “Vai evitar acidente, colisão frontal, vai diminuir tempo de viagem, vai proporcionar segurança. Vai atender os nossos caminhoneiros que são gigantes, que vão ter menos acidentes”, afirmou.

– Hoje estamos entregando a duplicação, mas as vias marginais aqui do Distrito Industrial serão restauradas num processo que também será discutido com a sociedade – disse o ministro.

A duplicação completa vai facilitar o escoamento da produção até os portos do sul do país, de onde as cargas são embarcadas para o mercado internacional. De acordo com o Ministério da Infraestrutura, o setor produtivo estima que quase 10 milhões de toneladas de soja e milho sejam transportadas por ano pela BR-163/364/MT.

Segurança e agilidade

A rodovia duplicada também vai tornar mais rápidas e seguras as viagens dos caminhoneiros. No último segmento entregue, além da construção de quatro viadutos, foram implantadas e revitalizadas as pistas marginais da rodovia.

Assim, o fluxo de trânsito pesado de caminhões ficará separado dos veículos leves que acessam os bairros residenciais no entorno do distrito, tornando o trânsito mais seguro. E os caminhoneiros vão acessar a região sul do estado, até outro importante polo do agronegócio do Mato Grosso, com mais agilidade.

De acordo com Dnit, no primeiro semestre do ano, mais de 30 mil veículos trafegaram diariamente no trecho da BR-163/364/MT, entre Cuiabá e Rondonópolis. Também foi identificado que com a conclusão dos primeiros trechos de duplicação da rodovia houve redução de 64% no número de acidentes, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal, passando de mais de 800 para cerca de 300 no último ano.

O Governo Federal trabalha agora na construção do contorno do município de Jaciara, já em fase de elaboração do projeto.

Fonte: Governo Federal

Comentarios