Geely compra 8,2% da Volvo Trucks

A transação estimada em US$ 3,9 bilhões torna o grupo chinês o maior acionista da fabricante sueca

Quase uma década depois de adquirir a divisão de automóveis da Volvo, a Geely retorna ao noticiário global econômico com a anúncio de compra de 8,2% de participação na Volvo Trucks do fundo de investimento Cevian Capital.

Embora o valor não tenha sido revelado, com base no preço das ações da AB Volvo pela Bolsa de Valores de Estocolmo, Suécia, o negócio alcançou cifra por volta de € 3,2 bilhões (US$ 3,9 bilhões). A operação faz do grupo chinês o maior acionista individual da fabricante de caminhões sueca.

A transação marca a primeira incursão da Geely no segmento de caminhões pesados. Além de sua marca homônima, a AB Volvo também controla a Mack, a Renault Trucks e a UD.

A experiência da Geely no mercado chinês, como também na produção de veículos elétricos e desenvolvimento de tecnologias autônomas, pode contribuir com o crescimento da fabricante de caminhões. Não há, porém, planos de reintegrar a Volvo Car na companhia, separada pela AB Volvo em 1999 e, em seguida, vendida para grupo Chinês em 2010.

AB Volvo tem 45% do negócio de veículos comerciais da Dongfeng, um dos maiores fabricantes de caminhões da China, além de uma importante operação de equipamentos de construção na China com a SDLG, produtos também produzidos pela empresa sueca no Brasil, na fábrica de Pederneiras (SP).

“Dada a nossa experiência com o Volvo Car Group, reconhecemos e valorizamos a orgulhosa história e cultura escandinava”, disse em comunicado à imprensa Li Shufu, presidente da Geely. A AB Volvo lidera mercados com tecnologias revolucionárias.”

Joakim Kenndal, porta-voz da Volvo, com sede em Gotemburgo, disse à Automotive News, publicação especializada no setor automotivo, que a venda das ações “veio como uma surpresa”, recusando-se a comentar o fato porque o acordo é uma questão para os acionistas.

Fonte: Estradão

Comentarios