Fuso eCanter: elétrico tem produção iniciada

A Mitsubishi está apresentando a terceira geração do Fuso eCanter, primeiro caminhão totalmente elétrico do segmento leve do mundo.


O modelo já começa a ser produzido para atender clientes da Europa, EUA e Japão. O Fuso eCanter é o aprimoramento do Fuso Canter E-Cell, que se difere do eCanter não apenas com relação ao design, mas também à parte técnica.

O novo eCanter utiliza um motor elétrico permanente com potência de 252 cv e torque de 38,7 mkgf. A potência é transferida para o eixo traseiro por uma transmissão padrão de única velocidade.

O painel possui um desenho moderno, seguindo o estilo do veículo

O veículo possui baterias com capacidades de 70 kWh. Dependendo da carga e também do uso é possível rodar mais de 100 km sem ter de recargar. As baterias são distribuídas em cinco unidades, uma localizada ao centro do quadro do chassi, logo atrás da cabine, e duas a cada lado do quadro. São baterias de lítio-íon refrigeradas a água que se caracterizam pela  alta eficiência, especialmente em altas temperaturas.

Apesar do peso das baterias, o Fuso eCanter apresenta um bom equilíbrio entre peso e potência.

Baterias em pacotes

Pacotes  individuais com três e seis conjuntos de baterias de 14 kWh cada são planejados para a próxima produção em pequena escala. Isso vai permitir que o eCanter seja adaptado às exigências do cliente com relação ao preço e ao peso.

O conceito baseia-se na experiência de que, para alguns operadores, a carga útil é mais importante do que a potência, enquanto outros não se importam em sacrificar a carga útil para ter maior velocidade. Igualmente adaptáveis ​​são as opções de carregadores: até 80% de capacidade em uma hora com corrente contínua em uma estação de carregamento rápida, ou 100% em sete horas com corrente alternada.

O caminhão é adequado às operações urbanas e intermunicipais

No futuro, a carga rápida com 170 kW também será possível em apenas meia hora, ou seja, 80% da capacidade da bateria. Um plugue  (conhecido como Sistema de Carga Combinado) será usado para carregar.

O Fuso eCanter ganhou um novo design. O veículo tem como maior atrativo o conjunto óptico, dando um aspecto mais futurístico. Não fica para trás a grade e o pára-choque que apesar de distintos se harmonizam como uma única peça. A cabine é pintada na mesma cor do para-choque, enquanto as laterais na parte frontal receberam acabamento na cor cinza, com uma faixa de LED azul.

Mas o que está atraindo os consumidores que atuam nos mercados em que o eCanter é vendido são os resultados que essa nova geração tem mostrado através de testes. Algo em torno de € 1000 por 10 000 km podem ser salvos com este veículo em comparação a uma versão diesel.

O eCanter se destaca pelo visual da parte frontal da cabine

Sua trajetória

A produção em série do Canter Eco Hybrid começou em 2006, enquanto a segunda geração está em produção desde 2012. A fabricante apresentou a primeira geração do E-Cell Canter eletricamente alimentado no IAA (Salão de Hannover) de 2010, com a segunda geração em 2014.

Andrea Ramos – Transporte Mundial

Comentarios