Exército assume pavimentação da BR-163

Trecho não-pavimentado na BR-163

Ministério dos Transportes assinou termo de transferência de R$ 128,5 milhões para obra em trecho 100 km da rodovia

Até o final de 2018, a BR-163, principal via de escoamento de milho e soja do Centro-Oeste rumo aos portos do Arco Norte do país, estará pavimentada até Miritituba (PA), onde estão localizados os principais terminais portuários utilizados no transporte dessa produção. A garantia foi dada pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, que, nesta quarta-feira (16/8), assinou termo de transferência de R$ 128,5 milhões para o Exército pavimentar 100 km na rodovia.

Dos 730 km da divisa de Mato Grosso com o Pará até Miritituba, restam pavimentar 100 km, distribuídos em dois trechos. O primeiro é de 65 km entre Novo Progresso (PA) e Igarapé do Lauro (PA). Os outros 35 km estão localizados entre Vila Planalto e o entroncamento com a BR-230 e já estão em obras. Outro trecho de 80 km, localizado acima de Miritituba, também está em obras, mas só ficará pronto após 2018. Finalizadas as intervenções, a rodovia terá, no total, 955 km asfaltados.

O objetivo do governo é garantir o escoamento da safra de grãos de 2017/2018. Para o próximo ano é esperado um crescimento na produção da ordem de três milhões de toneladas de soja e milho. Por isso, as intervenções são necessárias. Este ano, a safra chegou a 220 milhões de toneladas.

Do volume total de soja, derivados e milho exportados, 41% saíram pelo corredor Sul, 39% pelo Sudeste, 7% pelo Nordeste e 13% pelo Norte. Embora o volume de exportação pela região ainda não seja tão expressivo, as rotas são apontadas como uma alternativa para escoar a produção e desafogar os portos do Sul e do Sudeste.

Publicidade



Atoleiros

Em fevereiro, em pleno momento de escoamento da safra de soja, caminhões que se dirigiam aos portos de Miritituba e Santarém (PA) ficaram parados por dias nos trechos não pavimentados da rodovia devido ao intenso volume de chuvas, o que provocou muitos atoleiros na região. A situação fez com que a BR-163 ficasse praticamente paralisada. O trecho entre Vila Planalto e Miritituba foi o mais atingido. Após intervenção de um grupo de trabalho do ministério a rodovia foi desbloqueada.

Com informações do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil

Comentarios