Dia do caminhoneiro é celebrado em todo país

Dia do caminhoneiro é celebrado em todo país

Trabalhadores são responsáveis por transportar 70% das cargas para todas as regiões do Brasil

Redação Chico da Boleia

Nesta quinta-feira (16), é comemorado o Dia do Caminhoneiro. Apesar do calendário nacional ter outras duas datas dedicadas a esses trabalhadores, a celebração oficial ocorre hoje, com base no decreto de lei nº 11927 de 2009, oficializado pelo então vice-presidente, José Alencar Gomes da Silva.

Os (as) caminhoneiros (as) são responsáveis pelo transporte de todos os tipos de mercadorias consumidas pela população. São eles que abastecem o comércio em geral e ajudam a movimentar a economia.

De acordo com dados da Confederação Nacional do Transporte (CNT), em 2019 o Brasil registrava mais de dois milhões de caminhoneiros (as) em atividade, cuja profissão é responsável por mais de 70% das cargas transportadas no Brasil.

Durante a pior da fase da pandemia, os (as) caminhoneiros (as) permaneceram ativos, realizando suas funções apesar das restrições sanitárias. Graças a essa atuação contínua, os brasileiros não sofreram nenhum tipo de desabastecimento.

Segundo informações do Banco Central, por ser uma das principais atividades do país, o transporte rodoviário de cargas foi um dos responsáveis pela projeção do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em até 3,2% – avaliação feita ainda no fim de 2020. O movimento de mercadorias, o escoamento das safras nacionais, assim como o bom desempenho logístico de exportações, têm funcionado como um termômetro para os especialistas, que seguem projetando bons resultados para a economia nacional devido ao TRC.

Apesar das boas expectativas para o mercado, os caminhoneiros seguem enfrentando os mesmos problemas, sem soluções a vista: diesel custando mais de R$ 6 em alguns postos, contínuos assaltos e roubos de cargas, baixa qualidade de infraestrutura rodoviária, aumento do valor do frete, dentre outros.

Enquanto não veem mudanças, esses trabalhadores continuam atuando e ajudando o país a seguir em frente, mesmo com as crises econômica e sanitária.

O Chico da Boleia criou uma campanha – a Rede Solidária Chico da Boleia – para ajudar os caminhoneiros (as) durante a pandemia e esteve presente nas principais rodovias do país levando informação e kits de higiene ao longo de 2020 e 2021. Com o apoio de parceiros, Chico pôde entregar mais de 10 mil kits aos trabalhadores nesse período.

Em contato com esses profissionais, Chico percebeu a força de vontade e dedicação dos mesmos em realizar suas atividades. Por isso, é tão importante ressaltar a essencialidade desses trabalhadores e de suas funções. Precisam ser reconhecidos e valorizados diariamente por todos.

Nós, do Chico da Boleia, deixamos aqui nosso agradecimento e respeito por todos os caminhoneiros (as) do país. E desejamos um futuro melhor para a profissão, com mais garantias, apoio e valorização. Feliz Dia do Caminhoneiro (a).

Comentarios