Deputados paulistas analisam possibilidade do pagamento de pedágio em cartão

GD_2013061918142720130619160319rs_122_15

Os deputados da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo estão estudando projeto que tem como objetivo criar nas praças de pedágio uma cabine específica para o pagamento da tarifa por meio de cartão de débito ou crédito. O Projeto de Lei n. 1154, de 2015, é de autoria do deputado Igor Soares (PTN) e foi publicado no Diário Oficial no dia 19 de agosto.

A iniciativa prevê que todas as bandeiras sejam aceitas e as cabines deverão ser identificadas pelas Concessionárias das Rodovias com placas de sinalização indicativas a 500 metros do pedágio para orientação dos motoristas.

Segundo o autor da proposta, o objetivo é criar oportunidade aos motoristas que são pegos desprevenidos sem dinheiro em espécie para o pagamento da tarifa nas praças de pedágio. “Há situações que geram transtornos e constrangimentos ao motorista, que é obrigado a parar e solicitar boleto para pagamento posterior. Isso pode ser facilmente resolvido”, destacou Igor Soares.

O parlamentar ressalta que a maioria dos estabelecimentos comerciais de prestação de serviços já utiliza do pagamento por meio de cartão. “É necessário e de extrema importância que as Concessionárias de Pedágio também disponibilizem essa praticidade em suas praças a todos os motoristas”, acrescentou.

Igor Soares aponta que o pagamento por meio de cartão ainda garante a segurança nos pedágios, uma vez que diminuirá a circulação de dinheiro em espécie. “Os assaltos nas estradas são relatados frequentes e a disponibilização para pagamento com cartão garantirá ao funcionário operador do guichê e ao próprio motorista maior segurança”.

O comissionamento pago as administradoras de cartão poderá estimular as concessionárias a solicitarem aumento no pedágio para amenizar a perda de receita.

Fonte: Estradas

Comentarios