CONET reúne empresários e promove temáticas importantes do TRC

Com casa cheia, evento ouviu reivindicações do empresariado e oportunizou o debate dos presentes com as principais lideranças do setor

A primeira edição de 2016 do CONET&Instersindical foi realizada na quinta-feira, (28/01), na sede da NTC, com a presença de grande número de empresários e líderes do setor de transporte rodoviário de cargas.

CONET&Instersindical-15

Na mesa composta por José Hélio Fernandes, presidente da NTC&Logística, Urubatan Helou, vice-presidente da NTC, Flávio Benatti, presidente da FETCESP, Tayguara Helou, presidente do SETCESP e Ana Carolina Jarrouge, coordenadora da ComJovem Nacional da NTC, o lema atitude e gestão foi relembrado e a necessidade do debate no setor, reforçada.

“O lema Atitude e Gestão não poderia ser mais apropriado para o setor do que é no momento, porque hoje nós discutimos nossos problemas, nós somos protagonistas e não fugimos do debate. E é a partir de eventos como o de hoje que iremos alcançar os objetivos que levantei quando entrei na presidência, de recuperação tarifária do setor e de transpor barreiras e divisas do Brasil todo, aqui representado desde o Acre até a região Sul”, comentou José Hélio Fernandes.

Urubatan Helou também contribuiu como os demais na abertura do evento ressaltando a importância de uma gestão consciente. “O lucro tem que ser a tônica do nosso trabalho para o desenvolvimento das nossas empresas, mas também da economia e da sociedade como um todo, a despeito do que quer que ocorra no Governo”, afirmou.

Após as mensagens da mesa, Gildete Menezes, gerente do departamento jurídico da associação, trouxe o balanço do último CONET&Intersindical de 2015, com status do PL 3463/2015, criação do Conselho Político, das Vice-Presidências Extraordinárias, da COMTRAB e COMTRIB, do Instituto ComJovem  de Desenvolvimento Mercadológico e outras iniciativas.

CONET&Instersindical-32Transporte de Combustíveis

Francesco Cupello, presidente do SINDICARGA, apresentou temáticas importantes sobre o segmento de transporte de combustíveis. O empresário abordou um histórico desde o decreto-Lei 395 de 1938, que transformava esse transporte em serviço de utilidade pública, até os problemas atuais, como alta do preço do combustível. Cupello ressaltou também a importância de resgatar o Projeto de Lei nº 5000, que pretendia instituir a Política Nacional de Transporte Rodoviário de Combustíveis, mas foi arquivado, ou promover outro nos mesmos parâmetros.

Ainda como mensagem final, os presentes foram sinalizados da seriedade em tratar as questões do vale-pedágio (bitributação por inclusão em nota a pedidos do embarcador) e da dificuldade que o Rio de Janeiro enfrenta com a tendência do frete FOB e a concorrência com pequenos empresários que não recolhem os tributos corretamente.

 

Mercado de Transporte Internacional

Ademir Pozzani, coordenador da COMTRIN (Comissão Permanente de Transporte Internacional da NTC), trouxe a importância desse núcleo que trata desde assuntos como ATIT (Acordo sobre Transporte Internacional Terrestre), decretos, tributação e até roubo de cargas no transporte internacional.

“Nós fazemos reuniões mensais da Comissão com a presença de representantes da ANTT, do Ministério do Transporte, da Polícia Rodoviária Federal e até da FENSEG – Federação Nacional de Seguros Gerais – em busca de condições tributárias para empresas brasileiras iguais as que as importadoras conseguem. Além disso, a NTC é referência de relação entre os países do Mercosul, tendo mediado os interesses de todos em diversas ocasiões”, comentou Pozzani.

O evento foi uma realização da NTC com patrocínio da BgmRodotec, MAN Latin America, SASCAR, Trade Vale, TNIX e Topdoctors, com apoio do Diário de S. Paulo, FETCESP e SETCESP.

Fonte: Portal NTC

CONFIRA AS FOTOS DO EVENTO – Fotos: Murilo de Abreu

CONET&Instersindical 2016

 

 

Comentarios