Christian Schüler assume a presidência do Banco Mercedes-Benz

Suas duas últimas experiências foram como presidente e CEO na Argentina e na Rússia

O alemão Christian Schüler é o novo presidente e CEO do Banco Mercedes-Benz do Brasil. Formado em Administração de Empresas na Academia de Cooperação Educativa (Berufsakademie), em Berlim, Schüler atua no mercado financeiro há 21 anos, todos dedicados à Daimler Financial Services, onde ingressou em 1996 e exerceu diversas funções. Como presidente e CEO, teve passagens na Argentina (de 2010 a 2014) e na Rússia (de 2014 a 2017).

O executivo acaba de assumir o posto até então ocupado por Bernd Barth, que ficou à frente da instituição por quase seis anos e que agora parte para novos desafios no grupo Daimler Financial Services. Dessa vez como líder regional europeu das operações na Itália, Bélgica, Holanda, Luxemburgo, Suíça, Turquia, Suécia, Dinamarca e Portugal.

Principais desafios
O Banco Mercedes-Benz sempre atua centrado no cliente e o novo presidente possui, como principal desafio, tornar a instituição cada vez mais digital, disponibilizando ferramentas e soluções mais dinâmicas e ágeis que tragam ainda mais conveniência. “Temos uma área totalmente dedicada à busca de soluções digitais, pois sabemos que as pessoas têm estado cada vez mais conectadas, seja por meio do desktop, notebook, tablet ou smartphone. Nosso objetivo é facilitar a vida dos nossos clientes, tornando a comunicação com o banco e a contratação de produtos e serviços mais rápida e eficiente”, afirma.

Aliado a isso, Schüler afirma que o Banco Mercedes-Benz deve focar ainda mais suas ações na oferta de produtos sob medida, que atendam às necessidades de cada cliente – do proprietário de um automóvel Mercedes-Benz aos grandes frotistas – e na manutenção da excelência do atendimento. O novo CEO também deve trabalhar em prol da manutenção do ritmo de crescimento anual em novos negócios e na carteira, no aumento no volume de venda de seguros e no reforço da parceria entre a instituição, a fábrica e a rede de concessionárias. “Esse conjunto de ações nos levará à melhoria da eficiência dos processos e, consequentemente, nos manterá como a primeira opção em financiamentos e seguros para os clientes. Estamos sempre buscando melhorar os índices de satisfação e concentrando esfor&cce dil;os para garantir a sólida relação de confiança depositada na marca”, diz.

Atento à importância de seus colaboradores neste processo, outro desafio do executivo é colocar o banco no ranking das melhores empresas para se trabalhar. “O Banco Mercedes-Benz valoriza seus profissionais, investindo constantemente em sua capacitação e aperfeiçoamento. A instituição também se preocupa em criar um ambiente de trabalho agradável, o que influencia diretamente no resultado de nossa operação”, destaca.

O Banco Mercedes-Benz
O Banco Mercedes-Benz, desde 1996 no Brasil, atua no segmento de veículos comerciais (caminhões, ônibus e vans) e de automóveis de passeio Mercedes-Benz, e oferece também produtos de seguro integrado para os planos de financiamentos de seus clientes, além de financiar os estoques de seus concessionários. A instituição está presente no país por meio de suas regionais em São Paulo (SP), Recife (PE) e Porto Alegre (RS). A sede fica na cidade de São Paulo, no Centro Empresarial do Aço. No total, emprega 302 colaboradores e atende a 228 concessionários da marca. Em 21 anos de atuação no mercado nacional, o Banco Mercedes-Benz conta com uma carteira de R$ 7,8 bilhões, com mais de 54 mil contratos ativos e mais de 108 mil unidades financiadas até agosto de 2017.

Comentarios