Chico da Boleia marca presença no Conet&Intersindical em Belo Horizonte

Realizado pela NTC&Logística, o evento teve como objetivo debater os principais temas ligados ao setor de transportes. (Foto: divulgação/Chico da Boleia)

Chico da Boleia marca presença no Conet&Intersindical em Belo Horizonte

Encontro realizado nesta quinta-feira (05) debateu os impactos para o setor de transportes durante o primeiro semestre de 2021

Redação Chico da Boleia

O Chico da Boleia esteve nesta quinta-feira (05), em Belo Horizonte (MG), participando de mais uma edição do Conet&Intersindical, cujo encontro ocorreu pela primeira vez de forma híbrida (com aproximadamente 300 espectadores) devido a pandemia.

Segundo Chico da Boleia, todos os participantes seguiram as normas de segurança, mantendo o distanciamento e usando máscaras o tempo todo.

Realizado pela NTC&Logística, o evento teve como objetivo debater os principais temas ligados ao setor de transportes junto aos empresários, profissionais e representantes de entidades do segmento. Com quase 50 anos de existência, o Conet já passou pelos principais estados do país, sempre trazendo novas informações e proporcionando troca de experiências.

– Nesta edição, foram apresentados dados ligados ao TRC ao longo do primeiro semestre de 2021 e os impactos para o setor nos próximos meses, tais como: informações sobre defasagem no preço do frete e custos do transportador rodoviário de cargas – ressaltou Chico.

– Gostaríamos de agradecer a todos os empresários e representantes sindicais presentes para realizarmos o CONET desse segundo semestre. O setor de transportes foi um dos mais afetados pela pandemia e o que mais trabalhou para conter a inflação e o aumento do desemprego. Acreditamos na importância das reformas, principalmente Tributária, para a melhora da economia, contudo, manifestamos a nossa opinião contra o excesso de cobranças nas propostas atuais – destacou o presidente da entidade, Francisco Pelúcio, durante a abertura do evento.

Ainda durante o encontro, a assessora jurídica da NTC&Logística e secretária do CONET, Gildete Menezes, leu o comunicado do evento de agosto de 2021, cujo destaque foi a pesquisa realizada pelo Departamento de Custos Operacionais (DECOPE/NTC) no mês de julho de 2021 apontando que o INCTL alcançou no período a sua maior variação em 12 meses desde a sua criação em 2003, atingindo valor equivalente a 24,98% e o INCTF, teve seu maior valor em 26 anos, atingindo 22,32%.

De acordo com informações divulgadas pela NTC, o comunicado também ressalta a falta de insumos, mesmo com os altos valores. “Agravando ainda mais a situação verifica-se que, mesmo com valores altos, há falta de insumos e persiste a condição em que muitos transportadores não conseguiram reajustar seus fretes adequadamente comprometendo bastante o caixa das empresas, razão pela qual, necessário o alerta de caráter vital para a preservação da saúde financeira e da capacidade de investimento das empresas do setor”.

*Com informações da NTC&Logística

Comentarios